Dicas

Facebook Twitter Google Plus Email

- Use sempre copos resfriados; se não tiver lugar no refrigerador, esfrie-os com gelo, de preferência moído, antes de começar a preparar o drinque;

- Para crustar um copo, passe limão, lima ou laranja nas beiradas, para segurar melhor o açúcar;

- Use sempre cubos de gelo no preparo dos long drinks Yom Collins, Gin Fizz, On The Rocks e Old Fashioned;

- Para drinques especiais feitos à base de licor de menta ou Cointreau e nos frappés, use sempre gelo moído;

- O açúcar, quando usado em bebidas frias, não dissolve completamente, por isso, muitos barmens utilizam uma calda feita com açúcar (sem queimar), para adoçar os drinques - (1/4 de litro de água para 1 kg de açúcar). Assim obtêm um xarope incolor, evitando sobras de açúcar nos copos.

- Para misturar as bebidas no copo ou na coqueteleira não deixe passar mais de 10 segundos, para que os drinques não fiquem aguados;

- O coador é um instrumento importante para o barman;

- Use sempre os copos apropriados para cada tipo de drinque;

- Se quiser coquetéis mais claros ou que contenham gás, use apenas o copo misturador (exernplo: Martinis, Manhattans ou coqueteis de champanhe);

- Os coquetéis com frutas e sucos são sempre batidos na coqueteleira (shaker). Sernpre priorizar o uso de sucos e frutas frescas;

- Os enfeites e decorações dos coquetéis devem sempre respeitar os padrões clássicos. Os americanos, por exemplo, utilizam urna cereja no Whisky Sour. A diferença entre um Gibson e um Dry Martini é que, no primeiro, se usa urna cebolinha curtida e, no segundo, urna azeitona ou casquinha de limão;

- As bebidas de qualidade inferior prejudicam a preparação de um bom coquetel. O bom gim, por exemplo, e à base para o preparo do Dry Martini. O mesmo se aplica em relação ao rum, whisky, vermute, entre outros.

- Com o aumento dos impostos, a crise de importação e a falsificação de bebidas, muitos consumidores estão optando por produtos nacionais. Como o mais importante é apreciar bebida de qualidade, é preciso usar a criatividade e encontrar novas for­mas de preparo para os drinques, com bebidas de boa qualidade, nacionais ou estrangeiras, que hoje são consumidas em todo o mundo.

- Mantenha sempre as medidas certas na preparação dos drinques. Fique atento, porque dependendo do número de pessoas, basta adaptar as quantidades, obedecendo as proporções indicadas em cada drinque;

Tipos de Copos:



1 - Copo para coquetéis
2 - Copo para vinho branco
3 - Copo para champanhe
4 - Copo para vinho tinto
5 - Flûte
6 - Copo para long drinks
7 - Copo para short drinks

 
 

Veja mais sobre utensílios

Veja mais sobre bebidas

Glossário bartenders

Livros

 
 
arroba-bsp_SantoRockBar_28062016170401.jpg

Bares em São Paulo

 

Agenda de eventos

 

Cursos
+ Cursos

 

Drinks
+ Receitas

 
 
 
   São Paulo   Rio de Janeiro   Porto Alegre   Curitiba   Florianópolis   Goiânia   Brasília   Guia de Motéis

ESPECIAIS

BaresSP BR3 DisplayFun BaresSP eventos CervejeMe