Afro-Futurismo Brasil no Sesc de Ribeirão Preto e Santana Eventos BaresSP 570x300 imagem
    bsp-arroba-CursoGestao-300x250px.gif

    Afro-Futurismo Brasil no Sesc de Ribeirão Preto e Santana

    Afro-Futurismo Brasil no Sesc de Ribeirão Preto e Santana

    Por Fernanda Couto | 02 de Outubro 2009 - Publicado em 24 Outubro 2009


    Micro festival traz o poeta e produtor americano Mike Ladd, o percussionista Naná Vasconcelos, o quarteto São Paulo Underground e os MCs do Mamelo Sound System juntos no mesmo palco, além de show Kiko Dinucci e o dub jamaicano de Yellow-P ao lado do MC angolano Cota Pitshu

    Ao longo da história musical do século XX, a combinação da valorização do elemento rítmico, do aspecto percussivo, com concepções sonoras visionárias, muitas vezes literalmente à frente de seu tempo, foi chamada de afro-futurismo. De Lee “Scratch” Perry a Afrika Bambaataa,  passando por George Clinton, Sun Ra, Mad Professor, Gil Scott-Heron e Fela Kuti, a lista vai longe, e chega ao Brasil: Jorge Ben, Baden Powell & Vinícius De Moraes, Pedro Santos e a Orquestra Afro-Brasileira são eminências pardas.

    Celebrando todas essas entidades, o SESC apresenta um programa com três perspectivas atuais, variadas, de origem brasileira e caráter afro-futurista. O percussionista Naná Vasconcelos, um dos maiores ícones vivos dessa linhagem (e linguagem) é o grande destaque do elenco. Ele se apresenta pela primeira vez ao lado de uma formação que inclui o quarteto São Paulo Underground (projeto do cornetista Rob Mazurek junto aos integrantes do Hurtmold, Maurício Takara e Guilherme Granado), os mcs do Mamelo Sound System, e o poeta e produtor americano (radicado em Paris) Mike Ladd.

    Antes deles, o violonista e compositor Kiko Dinucci, uma das maiores revelações do samba paulista recente, mostra um show de formato jazzístico, acompanhado por bateria e sax, que conta ainda com participação da cantora Juçara Marçal, sua parceira constante. Abrindo a noite, o seletor Yellow-P (do Dubversão Sistema de Som) opera técnicas e efeitos do dub jamaicano, com o angolano Cota Pitshu ao microfone.

    Afro-Futurismo Brasil no SESC Santana e SESC Ribeirão Preto

    (São Paulo Underground + Naná Vasconcelos + Mike Ladd + Mamelo Sound System)

    (Kiko Dinucci + Sergio Machado + Thiago França + Juçara Marçal)

    (Yellow-P + Cota Pitshu)

    Dia 02 /10 (SEXTA-FEIRA) no SESC Ribeirão Preto
    Dia 03/10 (SÁBADO) , às 21h, no SESC Santana
    Dia 04/10 (DOMINGO), às 19h30, no SESC Santana

    SESC Santana
    Avenida Luiz Dumont Villares, 579 - Santana

    Tel.: 11 2971-8700

    Não recomendado para menores de 12 anos

    Ingressos R$ 20,00 [inteira], R$ 10,00 [usuário matriculado no SESC e dependentes, +60 anos, professores da rede pública de ensino e estudantes com comprovante] e R$ 5,00 [trabalhador no comércio e serviços matriculado no SESC e dependentes]

     

    SESC Ribeirão Preto
    Rua Tibiriça, 50 – Centro (Ribeirão Preto – SP)

    Tel.: 16 3977-4477
    Não recomendado para menores de 16 anos 

    Ingressos: R$ 10,00 [inteira], R$ 5,00 [usuário matriculado no SESC e dependentes, +60 anos, professores da rede pública de ensino e estudantes com comprovante]  e R$ 2,50 [trabalhador no comércio e serviços matriculado no SESC e dependentes]

    http://www.sescsp.org.br/sesc/ 

     

     
     
     

    Bares em São Paulo

     
     

    Notícias BaresSP

     

    BaresSP publicidade 980x90 bares


    topo