Nutricionista da Faggi Nutri ensina truques para aproveitar o inverno sem engordar Eventos BaresSP 570x300 imagem
    experiencia-gastronomicas_banner_300x250.jpg

    Nutricionista da Faggi Nutri ensina truques para aproveitar o inverno sem engordar

    Aprenda truques de como se alimentar durante o inverno sem engordar

    Por Index Assessoria | 24 de Junho 2010 - Publicado em 23 Junho 2010


    Chegou o inverno e com ele o convite para os pratos quentes, saborosos, com alto teor de gordura. A nutricionista Ana Carolina Garcia, do FaggiNutri, dá algumas dicas para manter a forma na estação.

    Em dias frios o organismo consome um pouco mais de energia para manter a temperatura do corpo normal (por volta dos 36°C). Essa elevação do gasto energético é discreta, não sendo grande o suficiente para justificar exageros na alimentação cotidiana. Ela explicaria apenas um pequeno aumento calórico, que varia de acordo com o indivíduo, seu metabolismo, composição corporal e outros fatores. No entanto, no inverno abusamos das receitas calóricas, como fondues, chocolates, feijoada, risotos, massas, queijos e bebidas alcoólicas. Outro agravante é a diminuição da prática de atividade física — aumentamos o consumo e reduzimos o gasto.

    Ana Carolina lembra que o segredo de uma alimentação saudável é ter bom senso para avaliar quantidade e qualidade do que ingerimos. “Não é necessário passar vontade. Temos de aprender a fazer escolhas conscientes. As exceções são benéficas para o convívio social. Afinal a vida teria menos graça sem os maravilhosos pratos da vovó, sem as reuniões familiares em torno da mesa ou happy hours com os amigos. O importante é ter consciência de quais são as exceções para que elas não se tornem parte do dia a dia”.
    Veja as dicas da nutricionista do FaggiNutri:

    • Sopas, cremes e caldos são boas opções para espantar o frio e saciar a fome. No entanto, muitas vezes apresentam alto teor de gordura, que pode ser facilmente reduzido. Basta prestar atenção nos ingredientes que as compõem. Evite utilizar alimentos gordurosos, como o leite integral, a manteiga, as carnes gordurosas e o creme de leite (mesmo a versão light possui alto teor de gordura). Prefira legumes batidos e carnes magras ou frango (sem pele). Para aumentar o teor de fibras inclua vegetais variados ou adicione farelo de trigo ou aveia. Para acompanhar, dê preferência a pães integrais, torradas integrais e sueco integral. Todos na versão light, pois há uma redução significativa no teor de gordura.

    • Coma alimentos ricos em fibras, que proporcionam maior sensação de saciedade, diminuindo percepção de fome que parece maior no inverno. Além disso, elas contribuem para o bom funcionamento intestinal. Bons exemplos de alimentos ricos em fibras são pão integral, arroz integral, macarrão integral, aveia, granola, flocos de cereais integrais, e claro, as frutas, verduras e legumes que além das fibras e do baixo valor calórico, são ricos em vitaminas e minerais.

    • Consuma massas integrais. A massa não é o vilão. O problema maior está nos molhos. O molho branco geralmente apresenta alto teor de gordura e calorias. Prefira molhos à base de tomate e sem carnes gordurosas (linguiça, bacon, carne-seca). Uma boa alternativa para preparar um molho branco light, com baixo teor de gordura, é o leite desnatado ou o iogurte desnatado, com o amido de milho, farinha de trigo ou requeijão 0% de gordura.

    • Em risotos substitua a manteiga por azeite. Ele é rico em gordura monoinsaturada, que auxilia a elevar a concentração sanguínea do HDL (quanto maior sua concentração, melhor) e a reduzir a concentração do LDL (quanto menor sua concentração, melhor). Mas use com moderação: mesmo apresentando em sua composição gorduras saudáveis, o excesso de será armazenado no organismo acarretando o aumento de peso corporal e prejuízo a saúde.  Substitua os queijos gordurosos por ricota e outros queijos magros. O segredo do risoto está em um arroz arbóreo de boa qualidade e na agitação constante dos grãos, que proporcionará a textura cremosa.

    • Nas fondues prefira o leite desnatado e os queijos mais magros, como cottage e ricota.

    • Na feijoada coloque a carne-seca em pouca quantidade. A receita pode levar peito de peru defumado (em cubos grandes) e a ricota defumada (bem-amassada). Se não quiser abrir mão do paio e de outros embutidos, afervente-os para tirar o excesso de gordura.

    • Prepare o chocolate quente com leite desnatado, achocolatado diet e cacau em pó (para aumentar o teor de antioxidantes).

    Coma a cada três horas. No inverno esta regra é ainda mais importante, pois os lanches intermediários evitam o excesso de fome no momento das refeições principais.

    • Faça lanches saudáveis, compostos por frutas. A recomendação é que se consuma no mínimo três porções diárias. O cardápio inclui ainda cereais integrais (pão, torrada ou aveia) e laticínios com baixo teor de gordura (queijos magros, leite e iogurte desnatados).

    Evite o consumo de biscoitos, bolinhos, pão de queijo, salgados, croissant, biscoitos de água e sal ou cream cracker.

    Coma sem pressa. Saboreie os alimentos.

    • É importante lembrar que o alimento, mesmo na versão light, deve se consumido moderadamente. Muitas vezes a redução de gordura é pouco significativa.

    Chás são ótimas opções para aumentar a temperatura corpórea, sem calorias.

    Evite o excesso de bebidas alcoólicas. Elas representam fontes de calorias vazias para o organismo, sem nenhum nutriente.

    Não se esqueça da água. A hidratação é importante no inverno, apesar de transpirarmos menos e de não sentirmos tanta sede como em épocas mais quentes. A água é essencial para diversas reações químicas no organismo, inclusive no processo de emagrecimento.

    • Dê preferência a sobremesas à base de frutas assadas ou cozidas, que podem ser preparadas com adoçante culinário ou com uma pequena quantidade de açúcar mascavo.

    Para auxiliar o bom funcionamento do sistema imunológico beba leites fermentados e iogurtes que contenham probióticos (lactobacilos vivos). Aumente o consumo de vitaminas e minerais, presente nas frutas, verduras e legumes, especialmente a vitamina C, encontrada em laranja, limão, acerola, kiwi, morango e abacaxi.

    Pratique atividade física regularmente. Ela aumenta o gasto calórico — e permite que se aproveite melhor o cardápio do inverno.

    Serviço Faggi:
    Rua Jacques Felix, 381, Vila Nova Conceição
    Informações e reservas: (11) 3672-0089
    www.faggi.com.br

     

    TAGS
     
     
     
     

    Bares em São Paulo

     
     

    Notícias BaresSP

     

    BaresSP publicidade 980x90 bares


    topo