Estação da Sé recebe exposição Os Quase Invisíveis do fotógrafo Fausto Saez Eventos BaresSP 570x300 imagem
    curso-barista-arroba.gif

    Estação da Sé recebe exposição Os Quase Invisíveis do fotógrafo Fausto Saez

    Fausto Saez têm suas fotos exposta na Estação Sé do metrô

    Por Lais Araujo | 17 de Fevereiro 2017 - Publicado em 17 Fevereiro 2017


    Entre os dias 10 e 28 de fevereiro, a estação Sé do Metrô vai abrigar a exposição “Os Quase Invisíveis”, do fotógrafo Fausto Saez, e pretende despertar um olhar mais atento e humano às pessoas em situação de rua do centro de São Paulo.

    A mostra faz parte da programação da Linha da Cultura do Metrô e traz aos olhos dos usuários a presença nem sempre notada dos moradores de rua do centro historico da maior metrópole da América Latina. São 21 imagens que vêm acompanhadas de histórias de luta, fé e esperança e pretendem comover os observadores, provocando uma reflexão maior sobre suas próprias vidas.

    São relatos surpreendentes, que vai desde um pai de família que atirou no próprio filho porque estava na vida do crime, até um jovem que foi morar na Sé em busca do seu sonho de ser cantor já que não tinha apoio da familia em casa. Cada personagem retratado foi destacado de forma significativa, sintetizando uma mensagem de força emocional. “Não queria fotografá-los à distância. Então, deixei de lado o medo e o preconceito e me aproximei de coração aberto e olhos atentos. Escutei histórias tristes, vi lágrimas em rostos castigados, medo e desconfiança, mas, também, vi muita generosidade, fé e amor”, destaca Fausto.

    Histórias como de um ex-sommelier, que chegou a trabalhar em renomados restaurantes de São Paulo e serviu diversas celebridades, mas, infelizmente, acabou perdendo tudo por causa do vício da bebida e da droga. (foto abaixo)

    Tem a historia da mulher que fugiu de casa porque o padrasto matou sua mãe e na rua adotou um senhor bem debilitado como pai. (foto abaixo)

    Fausto Saez acredita que morar na rua não é uma escolha para estas pessoas, mas sim a única saída. Constatou que o desamparo da família e o consumo das drogas os impedem que consigam resgatar uma vida digna.

     

     
     
     

    Bares em São Paulo

     
     

    Notícias BaresSP

     

    BaresSP publicidade 980x90 bares


    topo