Joyce lança em São Paulo seus novos CD e DVD em três shows no Teatro Fecap, 27 e 28/02 e 01/03 Eventos BaresSP 570x300 imagem
    banner-salton.jpg

    Joyce lança em São Paulo seus novos CD e DVD em três shows no Teatro Fecap, 27 e 28/02 e 01/03

    Joyce lança em São Paulo seus novos CD e DVD em três shows no Teatro Fecap, 27 e 28/02 e 01/03

    Por Luiza Goulart | 27 de Fevereiro 2009 - Publicado em 27 Fevereiro 2009


    A cantora e compositora Joyce (foto) lança no Teatro FECAP seus novos CD e DVD, ambos batizados de Joyce Ao Vivo, que foram gravados nesse teatro em abril de 2008, durante a comemoração de seus 40 anos de estrada.

    Compositora, cantora, violonista e arranjadora, Joyce surgiu em 1968 com seu primeiro disco, apresentando suas primeiras composições. De lá até aqui, foram mais de 400 músicas gravadas, nacional e internacionalmente, e uma longa e prestigiosa carreira no Brasil e no exterior.

    Primeira compositora brasileira a escrever no feminino na história da MPB, onde até então as compositoras do sexo feminino se mantinham em linguagem neutra (seu primeiro disco, “Joyce” de 1968, sofreu duras críticas na imprensa da época, despertando polêmica justamente por este “atrevimento”), foi pioneira também ao assumir o controle musical (como arranjadora, líder de banda e instrumentista) e editorial de seu trabalho (sua editora, Feminina, foi a segunda editora de autor a ser implantada no Brasil, em 1980).

    Nesta temporada no FECAP, Joyce apresenta o repertório que gravou neste mesmo palco, acompanhada por Tutty Moreno (bateria), Rodolfo Stroeter (baixo) e Helio Alves (piano), com composições suas, como Feminina, Penalty, A Banda Maluca e Samba da Zona; canções com grandes parceiros, como Havana-me (com Paulo Cesar Pinheiro) e Clareana (com Maurício Maestro); e também bossas que trazem à memória o começo de tudo, como O Morro Não Tem Vez (Tom Jobim e Vinícius de Moraes) e Berimbau (Vinicius de Moraes e Baden Powell).

    O repertório completo dos shows inclui além das citadas: Samba de Mulher (Lea Freire e Joyce) / E Era Copacabana (Joyce e Carlos Lyra) / Não Muda Não (Joyce) / Essa Mulher (Joyce e Ana Terra) / Monsieur Binot (Joyce) / Mistérios (Maurício Maestro e Joyce) / Da Cor Brasileira (Ana Terra e Joyce) / Galã Tantã (Joyce e Silvia Sangirardi) / Na Casa Do Villa (Joyce)

    Sobre Joyce

    “… uma mulher caminhando por um mundo de homens, com um violão nas costas e os cinco sentidos postos na beleza”- Ruy Castro, 2002

    “Joyce (foi) nossa primeira compositora a se expressar sem culpas no feminino (…) Demorou até 1980 para a cantora e compositora Joyce trazer para a MPB (…) um novo modelo de mulher, cuja feminilidade tinha outros parâmetros” – Rodrigo Faour (em “História Sexual da MPB”, 2006)

    "...Uma das maiores cantoras de todos os tempos!... Como se não bastasse, Joyce é grande compositora e toca todo aquele violão! Eta mulhézinha danada!" - Antonio Carlos Jobim,1987.

    " … dessa Joyce que eu gosto de falar, pois essa é a Joyce que vai dar o que falar: a Joyce que é toda musicalidade, que tem em alto grau o sentido das palavras e conhece o mistério de seu casamento com as notas” – Vinícius de Moraes, 1968

    “Joyce é uma mulher que pode apenas ser descrita como genial” – Claus Ogerman, 2004

    "Se ela não fosse a mais completa cantora de sua geração, ainda assim seria um dos maiores compositores brasileiros" - revista Jazziz, USA, janeiro de 2002.

    O TEATRO FECAP

    O Teatro FECAP entra em seu segundo ano de atividades como o espaço da música brasileira em São Paulo. Desde a sua inauguração em setembro de 2006, com quatro semanas de shows de Paulinho da Viola, o Teatro FECAP vem apresentando o melhor da música brasileira em seus diversos gêneros, quase sempre com espetáculos especialmente concebidos, que se beneficiam de sua extraordinária acústica e aparelhagem sonora. Entre os artistas que passaram por seu palco estão: João Bosco, Martinho da Vila, Arnaldo Antunes, Roberta Sá, Tânia Maria, Eduardo Gudin & Leila Pinheiro, Raul de Souza, Roberto Menescal & Andy Summers, Mônica Salmaso & Pau Brasil, Toninho Ferragutti, Quarteto Maogani, Proveta, Cristina Buarque & Terreiro Grande, Germano Mathias, Mario Adnet, Boca Livre, Chico César, Toninho Horta, Pife Muderno e Leny Andrade.

    Ficha técnica do teatro FECAP: Homero Ferreira (Direção artística), Américo Marques da Costa (Direção de produção), Thyago Bráulio (Produção executiva), David Alexandre e Cristiane Barros (Produção executiva), Alberto Ranellucci (som), Carlos Rocha (som), Rafael Valim (som), Silvestre J. R. e equipe (iluminação), Valéria Marchesoni (design gráfico).

    Serviço

    Local: Teatro Fecap (Av. Liberdade, 532, tel. 2198–7719
    Datas: 27 e 28 de fevereiro e 1º. de março de 2009
    Horários: sexta e sábado, 21h – domingo, 19h.
    Lotação: 400 lugares
    Duração: 90 minutos
    Preços: R$ 30,00 (inteira) e R$ 15,00 (meia)
    Bilheteria: de terça a sábado, das 14h às 21h; domingo, das 14h às 19h, no próprio teatro.
    Internet: basta acessar o portal da FECAP www.fecap.br e entrar a página do Teatro.
    Central de Ingressos: através do telefone (11) 3188.4149. De segunda a domingo das 9h às 21h.
    (Cartão de Crédito: Master, Visa e Dinners).
    Estacionamento c/ manobrista: R$ 12,00
    Acesso para deficientes físicos
    Teatro: Ar condicionado e wine bar
    Mais informações: (11) 2198–7719

     

    TAGS
     
     
     
     

    Bares em São Paulo

     
     

    Notícias BaresSP

     

    BaresSP publicidade 980x90 bares


    topo