Matheus Cunha é o campeão da 6ª edição do Grey Goose Vive La Révolution Eventos BaresSP 570x300 imagem
    bsp-arroba-CursoGestao-300x250px.gif

    Matheus Cunha é o campeão da 6ª edição do Grey Goose Vive La Révolution

    Campeonato de coquetelaria Grey Goose Vive La Révolution elege campeão

    Por Lais Araujo | 06 de Novembro 2014 - Publicado em 06 Novembro 2014


    Um avião, não é exatamente o “cenário” que um mixologista está acostumado a utilizar como pano de fundo para preparar um bom coquetel.  Mas foi exatamente assim, nas alturas, que o paulista Matheus Cunha, do The Sailor Legendary Pub, levou o grande prêmio do campeonato de coquetelaria Grey Goose Vive La Révolution, promovido pela marca de vodca.

    Ele bateu outros dez competidores - todos com a missão de criar um drinque inspirado no tema Fly Beyond, com um ingrediente artesanal. Daí a explicação para o formato da apresentação do campeão. O bartender, que levou R$ 6 mil, além de uma viagem à França para conhecer os campos de trigo da marca, criou o drinque "O Comandante", que leva Grey Groose, Shurb de cupuaçu, maracujá do cerrado, licor de pitanga e bitter de chimarrão.

    Inspirado em uma viagem ao berço da Grey Goose ao Brasil, a criação também teve uma apresentação especial. Quatro aviões ficaram posicionados no balcão do bar, ao lado de cada um, Matheus colocou gelo seco com água para que a fumaça remetesse as nuvens. O bartender convidou o júri para a viagem e posicionou-se na frente do bar com um cape se apresentando como o capitão da “viagem”. Cada jurado recebeu a bebida em uma bandeja servida nos aviões e passaporte com a receita do drinque. "Quero trazer a Grey Goose para o Brasil e nesse tour vou leva-los para diversas regiões do Brasil, sem sair do balcão", disse Matheus, ao servir a bebida. "Fui bicampeão da etapa de São Paulo, vice-campeão no ano passado e hoje me consagrei", contou o mixologista após o resultado. "Me preparei muito nesse ano e estou muito feliz pela conquista e pela união de toda comunidade de bartenders num evento como esse", comemorou.

    O segundo lugar ficou com o paulista Sylas Rocha, do Noh Bar, que criou o drinque "Renovação", com suco de tomate, água mix home made, celeri bitter e Grey Goose.  A terceira posição foi ocupada pelo gaúcho Eugenio Baggiotto, da Fuel,  que usou pimentas verdes e rosas em vinagre de maçã, infusão de erva cidreira, tintura de amêndoa e Grey Goose, no coquetel "Essência". Eles levam R$ 3 mil e R$ 1,5 mil, respectivamente.

    Veja a receita do drink campeão e da melhor caipiroska: 

     O Comandante

    60 ml – Grey Goose
    30 ml – Shrub de Cupuaçu artesanal
    20 ml –Maracujá do Cerrado
    20 ml – Licor de Pitanga artesanal
    5 gotas – Bitter de Chimarrão artesanal
    Modo de Preparo: Bater todos os ingredientes em uma coqueteleira
    Guarnição: Zest de laranja.
    Acompanhamento: Snacks

    La Fusion

    50 ml - Grey Goose La Piore
    25 ml - Simple syrup
    3 gomos – Tangerine
    1 gomo - Limão taiti
    2 folhas – Rúcula
    Modo de Preparo: Macere os ingredientes, bata na coqueteleira e faça uma coagem dupla antes de servir.
    Guarnição: 1 fatia de tangerina e rúcula 

     

    TAGS
     
     
     
     

    Bares em São Paulo

     
     

    Notícias BaresSP

     

    BaresSP publicidade 980x90 bares


    topo