Incêndio na Boate kiss, gera ações da Prefeitura e Ministério Público Eventos BaresSP 570x300 imagem
    arroba-banner-inove.jpg

    Incêndio na Boate kiss, gera ações da Prefeitura e Ministério Público

    Prefeitura e MP criam ações após incêndio na Boate kiss em Santa Maria

    Por Lidiane Noronha  | 04 de Fevereiro 2013 - Publicado em 04 Fevereiro 2013


    O Incêndio que ocorreu na Boate Kiss em Santa Maria (RS) desencadeou uma ação precisa da Prefeitura de São Paulo, juntamente com o Corpo de Bombeiro da Capital, em trabalho conjunto, na fiscalização de casas noturnas, clubes, salões de baile, teatros, cinemas e auditórios.

    Embora a prioridade seja a fiscalização e foco na segurança, o incidente em Santa Maria, levou também o Ministério Público a investigar acusações de corrupção na liberação de alvarás pela Cidade.

    De acordo com empresários do ramo, a emissão de licenças para a liberação de alvarás é longa e complexa. Após o incêndio em Santa Maria, o Prefeito de Fernando Haddad, anunciou a intenção de um prazo de até 90 dias para emissão de alvarás.

    Portanto, em São Paulo, cidade que agrega o maior número de casas noturnas, bares e restaurantes do Brasil, ter um alvará não quer dizer que o local seja de fato seguro.

    O Club Inferno, localizado na Rua Augusta é uma das casas noturnas que possui alvará, mas após uma fiscalização no local, o Club foi interditado pelos seguintes erros: Extintor de incêndio com o lacre rompido, problemas com a rota de fuga, além do AVCB (Auto de vistoria do Corpo de Bombeiros) estava vencido e a casa não provou que o revestimento acústico era de fato feito com material antichamas.

     

     
     
     

    Bares em São Paulo

     
     

    Notícias BaresSP

     

    BaresSP publicidade 980x90 bares


    topo