Simply Red faz série de shows no país em sua turnê de despedida da América Latina Eventos BaresSP 570x300 imagem
    banner-salton.jpg

    Simply Red faz série de shows no país em sua turnê de despedida da América Latina

    Simply Red faz uma turnê na América Latina incluido o Brasil

    Por Time For Fun | 09 de Fevereiro 2010 - Publicado em 05 Fevereiro 2010


    O país terá em abril a última chance de ver ao vivo o Simply Red. A banda inglesa, que já vendeu mais de 50 milhões de cópias no mundo em 26 anos de carreira, apresenta a "Farewell Tour" em quatro capitais brasileiras. Com realização da TIME FOR FUN, os shows ocorrem em Recife (16/04, no Chevrolet Hall), São Paulo (20/04, no Credicard Hall), Belo Horizonte (21/04, no Chevrolet Hall), Rio de Janeiro (23/04, no Citibank Hall/RJ) e prometem grandes sucessos, como "Stars", "Holding Back the Years", "If You Don´t Know Me By Now" e "For You Babies". Em breve, serão divulgadas as informações sobre canais de venda e mais detalhes das apresentações.

    A primeira visita do Simply Red na América Latina ocorreu em 1988, no festival Hollywood Rock (São Paulo). Em 1993, a banda retornou ao país para se apresentar na quarta edição do mesmo festival. A recepção dos brasileiros fez com que o Simply Red retornasse em diversas outras oportunidades, sendo a última em março de 2009. "Eu amo a energia da América Latina, as pessoas são muito receptivas e a conexão que sinto com o público é inacreditável. Foi lá que fiz alguns dos shows com maior público, fiz videoclipes e até passei férias. Sempre será uma região muito especial pra mim. Eu olho pra toda a nossa história, para esses shows e vejo uma oportunidade de dizer adeus para nossos fãs da América Latina - que sempre nos apoiaram", afirma o vocalista Mick Hucknall.

    Em cerca de três décadas de carreira, o Simply Red lançou 11 álbuns de estúdio. A banda teve mais de 30 canções no TOP 40 do Reino Unido e teve duas canções no topo das paradas dos Estados Unidos. "Stars" (1991) foi o álbum mais vendido no Reino Unido por dois anos consecutivos. O Simply Red também ganhou diversos prêmios como três "BRIT Awards", dois "Ivor Novellos Awards" e um "Mobo Special Achievement". A banda já fez mais de mil apresentações para cerca de 10 milhões de pessoas.

    Integrantes do Simply Red
    Mick Hucknall - vocais
    Ian Kirkham - teclados e saxophone
    Kenji Suzuki - guitarra
    Dave Clayton - teclados
    Pete Lewinson - bateria
    Steve Lewinson - baixo
    Kevin Robinson - trompete e flauta
    Sarah Brown - backing vocal
    Dee Johnson - backing vocal

    Álbuns
    1985 - Picture Book
    1987 - Men and Women
    1989 - A New Flame
    1991 - Stars
    1995 - Life
    1996 - Greatest Hits
    1998 - Blue
    1999 - Love and the Russian Winter
    2000 - It´s Only Love
    2003 - Home
    2005 - Simplified
    2007 - Stay
    2008 - The Greatest Hits 25

    Sobre Simply Red
    Mick Hucknall comemorou 25 anos da fundação do Simply Red em 2009. A banda surgiu em Manchester em 1984 após a era punk e estourou depois de um ano nas paradas inglesas. A formação original da banda era composta por Mick Hucknall (vocais), Tony Bowers (Baixo), Chris Joyce (bateria), Dave Fryman (guitarra), Fritz McIntyre (teclado e vocais) e Tim Kellet (trompa). Os seis músicos se tornaram populares na noite inglesa e chamaram a atenção de olheiros de gravadoras que buscavam novos talentos. Os executivos britânicos do selo americano Elektra foram persistentes e o Simply Red assinou acordo com uma grande gravadora. Depois de seis meses, a banda estava em estúdio com o produtor americano Stewart Levine.

    Nesse ponto, a banda teve sua primeira mudança na formação. Sylvan Richardson substituiu o guitarrista Dave Fryman durante a produção do primeiro álbum do Simply Red, o "Picture Book" (1985). A música "Money's Too Tight (Too Mention)" atingiu o segundo lugar no TOP 20. Enquanto outras quatro faixas emplacaram no ranking inglês em colocações de menor destaque, o álbum "Picture Book" entrou no Top 20 americano e o single "Holding Back The Years" atingiu o topo das paradas americanas em julho de 1986. A canção também foi relançada no Reino Unido e chegou ao segundo lugar das paradas - seis meses antes, obteve a 51° posição.

    O segundo álbum da banda, "Men And Women" (1987) foi produzido por Alex Sadkin. A banda também recebeu dois novos integrantes: o trompista Ian Kirkham e a cantora Janette Sewell. Um novo time de compositores também surgiu quando Hucknall passou a dividir os créditos das canções com Lamont Dozier, uma das lendas da Motown. Hucknall também interpretou clássicos de Cole Porter (Ev'ry Time We Say Goodbye) e de Bunny Wailer e Sylvester Stewart, lendas do reggae.
    Com quatro singles nas paradas, "Men And Women" foi o segundo álbum do Simply Red e também alcançou o segundo lugar nos rankings. A banda fez grandes turnês pelo Reino Unido, Europa e Estados Unidos. O sucesso também levou o grupo a tocar pela primeira vez na Austrália, na Nova Zelândia e no Japão. Em 1987, o Simply Red passou cerca de nove meses em turnê e fez 120 shows.

    Em 1989, o álbum "A New Flame" foi lançado com o guitarrista brasileiro Heitor T.P. O terceiro álbum do Simply Red foi o primeiro trabalho a atingir o topo das paradas britânicas. A versão do clássico do soul "If You Don't Know Me By Now" (Kenny Gamble/Leon Huff) conseguiu a segunda posição. Já nos Estados Unidos, o single atingiu o primeiro lugar. "A New Flame" vendeu mais de um milhão de cópias no Reino Unido e mais 6 milhões em todo o mundo. A banda passou a se apresentar em grandes arenas, incluindo o show realizado para 60 mil pessoas em São Paulo. Entre outubro de 1988 e março de 1990, o Simply Red fez 140 shows em todo o mundo. Na estrada, Hucknall compunha o quarto álbum.

    "Stars" (1991) teve oito canções compostas por Hucknall e outras duas por Hucknall e McIntyre (teclado e vocais). O álbum foi produzido novamente por Levine e registrou a entrada do baixista Shaun Ward e do percussionista Gota. "Something Got Me Started", "Stars" e "For Your Babies" emplacaram no Top 20. O álbum vendeu 700 mil cópias nos Estados Unidos, 4 milhões no Reino Unido e 8 milhões em todo o globo. "Stars" liderou as paradas inglesas de álbuns em cinco ocasiões diferentes, num total de 12 semanas - ficando 134 semanas nos rankings. Ele também foi o álbum mais vendido em 1991 e 1992 no Reino Unido, recebeu o prêmio "Best Álbum" do "BRIT Awards" e do "World Music Awards". A turnê do disco levou a banda pela primeira vez para países como Israel, Grécia, Singapura - tendo um público de 1,5 milhões de pessoas.

    Somente depois de quatro anos, o Simply Red lançaria um novo álbum. Nesse meio tempo, a banda lançou a gravação de sua apresentação no Montreux Jazz Festival em 1992. "Life" (1995) se tornou o terceiro álbum sucessivo do grupo a entrar nas paradas e mostrava uma mudança na formação da banda com a saída de Kellet (trompa) e Ward (baixo), e a participação no estúdio de três estrelas do reggae: Sly Dunbar, Robbie Shakepeare e Bootsy. A música "Fairground" e "We're In This Together" (canção tema da Eurocopa de 96) figuraram nas paradas inglesas. Para a turnê entre 1995 e 1996, foram chamados o baixista Steve Lewinson e a cantora Sarah Brown.

    Apesar da resistência inicial de Hucknall, Simply Red lançou "Greatest Hits" em 1996. A coleção de 15 músicas também trouxe a canção inédita "Angel" com a participação da banda americana "Fugees" e atingiu o Top 5.

    A formação do Simply Red estava totalmente modificada no álbum "Blue" (1998) que estourou com singles como "Say You Love Me" e "The Air That I Breathe". McIntyre (teclado e vocais) e Heitor (guitarras) saíram da banda, Gota co-produziu o álbum com Wright e Hucknall - formando o trio AGM (Andy Right, Gota Yashiki e Mick Hucknall). O Simply Red fez apenas três apresentações em 1998, todas em Londres (Inglaterra). No ano seguinte, a banda fez uma turnê pela África do Sul, pela Europa e pela América Latina.

    O álbum "Love and Russian Winter" (1999) foi o último trabalho lançado por meio da gravadora Warner Music e pelo selo East West Records, para o qual a banda mudou em 1991. O trabalho teve duas músicas nas paradas.

    Hucknall e seus empresários, Andy Dodd e Ian Grenfell, criaram a marca simplyred.com em 2002. O modelo de negócio gerencia as gravações, turnês e outras atividades de uma banda que coleciona mais de 130 discos de platina e ouro em todo o mundo.

    "Home" (2003) foi o primeiro disco lançado pelo simplyred.com e figurou no segundo lugar dos rankings ingleses. "Sunrise" e "You Make Me Feel Brand New" foram dois dos quatro hits que conquistaram lugares nas paradas. O sucesso de "Home" foi tanto que se tornou o álbum independente mais vendido da historia.

    Apesar do grande sucesso, Hucknall continuou buscando novos desafios para a banda formada por 11 músicos. Em 2005, o Simply Red lançou "Simplified" - álbum acústico com influências latinas e que utilizou o estúdio da casa de Hucknall. O trabalho gerou uma temporada no Albert Hall, localizado em Londres (Inglaterra), e uma turnê pela Europa. O álbum chegou a figurar no TOP 3 do Reino Unido e a canção "Perfect Love" ficou no TOP 10 Europa. Antes do Simply Red retornar ao estúdio para gravar "Stay" (2007), a banda lançou dois singles "Something Got Me Started" e "A Song For You" - canções que integravam "Simplified".

    O álbum "Stay" (2007) foi lançado e o Simply Red iniciou apresentações pelo Reino Unido, Europa, Austrália e Canadá. O décimo álbum de estúdio teve 10 canções no TOP 10. Entre as canções estão Lady, primeira composição de Hucknall e Jools Holland, e um cover de "Debris", de Ronnie Lane.

    Em 2008, Hucknall faz sua estréia como artista solo com um álbum de tributo a Bobbly Bland, cantor de soul, e fez algumas apresentações intituladas de "Tribute to Bob". Apesar disso, o vocalista continuava a frente do Simply Red e apresentava-se com a banda pelo Reino Unido e por toda a Europa.

    Em seus 25 anos de carreira, o grupo vendeu mais de 50 milhões de cópias em todo o mundo, teve 30 canções no Top 40 do Reino Unido e fez mais de mil apresentações para cerca de 10 milhões de pessoas. Para celebrar os 25 anos de Simply Red que seriam completados em 2009, Hucknall começou a produzir uma coletânea. Lançada em novembro de 2008, o CD duplo "The Greatest Hits 25" reuniu as 25 músicas e incluía uma versão cover inédita de "Go Now", canção da década 60 imortalizada pela banda britânica Moody Blue.

     

    TAGS
     
     
     
     

    Bares em São Paulo

     
     

    Notícias BaresSP

     

    BaresSP publicidade 980x90 bares


    topo