Velhas Virgens homenageiam Adoniram Barbosa na Virada Cultural 2010 Eventos BaresSP 570x300 imagem
    midia_baressp-arroba.gif

    Velhas Virgens homenageiam Adoniram Barbosa na Virada Cultural 2010

    Velhas Virgens homenageiam Adoniram na Virada Cultural 2010

    Por Cais Cultura  | 13 de Maio 2010 - Publicado em 12 Maio 2010


    Semelhanças não faltam: paulistas apaixonados pela cidade de São Paulo, corinthianos e, principalmente, bons “bebedores”, amantes do copo e da boemia, só para citar algumas delas. Coincidentemente, Adoniran também sempre foi muito mais aplaudido pelo povo do que adorado pela crítica, tinha alma irônica e músicas cheias de humor.

    Além destas similaridades entre o grande mestre Adoniram Barbosa e os malucos Velhas Virgens, o motivo maior para esta insana banda se inspirar e dedicar um show a ele em uma data tão importante como a Virada Cultural é a admiração voraz a obra e o reconhecimento a importância do artista na música brasileira. Afinal estamos falando de Adoniram Barbosa, que em 2010 completaria 100 anos de idade (fato ignorado pela escolas de samba paulista).

    Adoniram além de cantor e compositor ganhou destaque nas décadas de 30 e 40 como radio ator e em trabalhos no cinema. Assim como Cartola, foi redescoberto a partir dos anos 70, chegando a gravar com Elis Regina uma edição do Fino da Bossa. Elis se tornaria no final de sua vida uma de suas intérpretes favoritas. João Rubinato, o Adoniran Barbosa, morreu em 1982, aos 72 anos, vítima de um enfisema pulmonar. Seu estilo único, seus personagens e histórias, hoje, fazem parte da memória cultural da cidade. Seus sambas, como ele dizia, são simples, iguais aos outros, os versos é que faziam a diferença.

    As Velhas Virgens estão preparando e devem lançar ainda este ano um cd de marchinhas roqueiras homenageando a cidade de São Paulo, tão perfeitamente traduzida nas letras de Adoniran. Além das citações ao gênio sambista do Bixiga em várias das composições, a banda destaca a cidade citando recantos da metrópole por ela freqüentados. Isso tudo ao melhor estilo do autor de Saudosa maloca e Trem das Onze. Os cenários são os mesmos, apenas o tempo é que mudou.

    Sobem ao palco Rock na madrugada de sábado para domingo, neste evento que se consagrou como um dos mais importantes do calendário cultural da cidade. Levando no repertório, clássicos como Samba de Arnesto, As Mariposa, Tiro ao Alvaro e Malvina.


    Sobre as Velhas Virgens
    Prestes a completar 24 anos de carreira, as Velhas Virgens são consideradas uma das maiores bandas independentes do Brasil, pela sua trajetória de sucesso. Com uma proposta debochada, focando o entretenimento e a interação com seu público, faz cerca de 100 shows ao ano por todo o Brasil e mais de 150 mil discos vendidos. A banda faz do seu show uma grande diversão com letras recheadas por temas como bebedeira, rock, boemia e sexualidade.

    Recentemente a banda lançou seu nono disco, a debochada “ópera-rock”, "Ninguém Beija Como as Lésbicas", atualmente divulgado por turnê em todo Brasil. A proposta de show também é nova, porém com sempre maluca. Como o CD “ópera” traz canções interligadas por efeitos, textos e ruídos quem narram uma história contínua sobre um gênio “dentro da garrafa”, o novo formato de show traz iluminação, cenário e figurino diferenciados, ambientando a história proposta. Além do novo disco, foi lançado em conjunto um livro no formato HQ, "As Eletrizantes e Etílicas Aventuras das Velhas Virgens", onde os músicos da banda se transformam em personagens e vivem histórias divertidas e bizarras regadas a muita cerveja e rock’n’roll. Na programação da MTV pode ser conferido o vídeo clipe de uma das novas faixas, “Velho Safado”, feito totalmente em animação.

    Em 2009, Paulo Carvalho, o “Paulão”, foi finalista do concurso promovido pela trupe de Marcelo Tas do popular programa de jornalismo humorístico CQC. O grupo foi pioneiro em diversas investidas independentes na música, entre estas lançar cd com revista nas bancas e criar sua própria grife de roupas. Acumula dez álbuns lançados, um CD- Rom, três DVDs e o livro biográfico “Velhas Virgens – 18 anos de Bar em Bar”. O sucesso da banda é evidenciado pela quantidade de fãs e seguidores por todo o país, espalhados nos shows e nas “lotadas” comunidades virtuais (só no site da banda são 50 mil cadastrados).
    CD Ninguém Beija como as Lésbicas
    Livro/HQ “As eletrizantes e etílicas aventuras das Velhas Virgens”

    SERVIÇO

    Velhas Virgens homenagem a Adoniram Barbosa
    VIRADA CULTURAL 2010
    16/05 (madrugada de sábado para domingo)
    Horário: 03h30
    Local: palco Rock
    Av São João (próximo a rua General Osório, de frente a av Ipiranga)
    Ingresso: todo o evento é gratuito e de livre acesso.

    Velhas Virgens são
    Paulo Carvalho, “Paulão” no vocal e gaita
    Alexandre “Cavalo” Dias na guitarra
    Tuca no baixo
    Simon Brou na bateria
    Roy Carlini na guitarra
    Juliana Kosso no vocal
    Acesse: www.velhasvirgens.com.br

     

    TAGS
     
     
     
     

    Bares em São Paulo

     
     

    Notícias BaresSP

     

    BaresSP publicidade 980x90 bares


    topo