Yamandu Costa e Hamilton de Holanda no Auditório do Ibirapuera Eventos BaresSP 570x300 imagem
    curso-bartender-arroba.gif

    Yamandu Costa e Hamilton de Holanda no Auditório do Ibirapuera

    Yamandu Costa e Hamilton de Holanda no Auditório do Ibirapuera

    Por Divulgação | 11 de Dezembro 2007 - Publicado em 11 Dezembro 2007


    Nos dias 18, 19 e 20 de janeiro, Yamandu Costa (foto) e Hamilton de Holanda se apresentam no Auditório do Ibirapuera.

    O auditório traz "O Encontro" entre o "Precursor das Águas" e o "Príncipe do Bandolim", ambos encabeçam a corrente de divulgação dos novos músicos brasileiros nos 4 cantos do mundo!

    Sobre Yamandu Costa:

    Nascido em Passo Fundo em 1980, Yamandu começou a estudar violão aos 7 anos de idade com o pai, Algacir Costa, líder do grupo “Os Fronteiriços” e aprimorou-se com Lúcio Yanel, virtuoso argentino radicado no Brasil. Até os 15 anos, sua única escola musical era a música folclórica do Sul do Brasil, Argentina e Uruguai. Depois de ouvir Radamés Gnatalli, ele começou a procurar por outros brasileiros, tais como: Baden Powell, Tom Jobim, Raphael Rabello entre outros. Aos 17 anos apresentou-se pela primeira vez em São Paulo no Circuito Cultural Banco do Brasil, produzido pelo Estúdio Tom Brasil, e a partir daí passou a ser reconhecido como músico revelação do violão brasileiro.

    Um dos maiores fenômenos da música brasileira de todos os tempos, o jovem Yamandu confirma e merece todos os elogios que recebe quando toca seu violão. Sozinho no palco, é capaz de levantar em êxtase platéias das mais especializadas e de emocionar o grande publico aos mais apurados ouvidos.

    Suas interpretações performáticas conseguem remodelar cada música que ele toca e revela uma profunda intimidade com seu instrumento. Todo reconhecimento que recebe é apenas um reflexo do que ele leva ao seu público, recriando a magia da música em seu toque, passando pelo seu corpo e transformando-se quase milagrosamente. Yamandu toca choro, bossa nova e tudo, mas também é um gaúcho cheio de milongas, tangos, zambas e chamamés. Um violonista e compositor que não se enquadra em nenhuma corrente musical ele é uma mistura de todos os estilos e cria interpretações de rara personalidade no seu violão de 7 cordas.

    Yamandu faz jus ao significado de seu belo nome “o precursor das águas”.

    Sobre Hamilton de Holanda:

    Vigoroso, virtuoso, brilhante, sensível, único são alguns dos adjetivos constantes na carreira deste músico que reinventa o bandolim. Hamilton de Holanda é um artista versátil, com um trabalho maduro, respeitado pela classe e que carinhosamente recebeu da imprensa francesa o título de "Príncipe do Bandolim". Segundo seus ilustres admiradores nomes como Djavan, Hermeto, Ivan Lins, João Bosco, Hermínio Bello de Carvalho. Ganhou por unanimidade, e nas duas categorias, erudito e popular, a única edição do Prêmio de Melhor Instrumentista Icatu Hartford de Artes 2001, o que lhe permitiu viver em Paris por um período de um ano dando asas internacionais ao seu trabalho. Em janeiro de 2005 fez o show de lançamento oficial das comemorações do ano do Brasil na França, no MIDEM - Cannes (principal feira de música do mundo) e conquistou com seu ousado CD solo - 1 byte 10 cordas - o restrito título CHOC da mais importante publicação européia de música “Le Monde de la Musique”. Hamilton adicionou duas cordas extras (10 no total) ao seu bandolim que associadas ao virtuosismo e energia de um astro de rock repaginou a imagem do instrumento elevando-o ao status de pop.

    Com a sua postura de artista principal, aliada à velocidade assombrosa de seus solos e aos improvisos magistrais e profundos criou o interesse em uma nova geração de se fazer um novo som, um novo timbre. Hamilton vem se apresentando em diversos eventos e festivais de grande importância, no Brasil e no Mundo, recentemente em turnê européia dividiu o palco com Richard Galliano (melhor acordeonista do mundo) e John Paul Jones do Led Zeppelin, além de uma noite singular com os músicos do Buena Vista Social Club. Seu ltimo trabalho “BRASILIANOS” (2006) foi gravado com a nova formação um Quinteto, e é um manifesto pela acessibilidade do grande público à música contemporânea brasileira feita pelos seus jovens virtuoses. Consta também na sua discografia participações especiais nos Cds/Dvds de Djavan, Cesaria Évora, Beth Carvalho, Zélia Duncan, Dona Ivone Lara, Ivan Lins, João Bosco, entre outros.

    Com técnica soberba e brasilidade absoluta, seja no palco ou no estúdio, Hamilton tira o fôlego de qualquer um com suas interpretações e performances cheias de emoção. Sua versatilidade lhe permite se apresentar com propriedade em qualquer formação: solo, com orquestra, duo, power trio, quinteto entre outras.

    Serviço

    Yamandu Costa e Hamilton de Holanda

    Datas: 18, 19 e 20 de janeiro de 2008 - sexta-feira e sábado, às 21h e domingo, às 18h  

    Local: Auditório do Ibirapuera

    Endereço: Avenida Pedro Álvares Cabral, s/nº - Parque do Ibirapuera - São Paulo - São Paulo

    Tel.: (11) 6846-6000

    Site: http://www.auditorioibirapuera.com.br

    Preços: R$ 30,00 - R$ 15,00 (meia entrada)

    Funcionamento da bilheteria:
    2ª a 5ª - 09h às 18h
    6ª e Sábado - 09h às 21h
    Domingo - 09h às 18h

    Formas de pagamento:
    Aceita dinheiro, cartão de débito (todos), cartão de crédito Visa, MasterCard e American Express.

    Classificação etária indicativa: Livre - Menores de 12 anos acompanhado dos pais ou responsável legal.

    Possui estacionamento e acesso para deficientes

    *Proibido fumar no local.

     

    TAGS
     
     
     
     

    Bares em São Paulo

     
     

    Notícias BaresSP

     

    BaresSP publicidade 980x90 bares


    topo