Theatro Net será sacudido pelo show Margem da cantora Adriana Calcanhotto Eventos BaresSP 570x300 imagem

    Publicidade

    Mes9-300x250.jpg
    MPB

    Theatro Net será sacudido pelo show Margem da cantora Adriana Calcanhotto

    Por Mateus Diniz Omena
     30/08/2019


    Depois do semestre de aulas em Coimbra e do lançamento do álbum Margem em Portugal e no Brasil, Adriana Calcanhotto estreia a nova tour e mais uma vez, vem se dar ao mar como imagem. 

    No dia 05 de Outubro, Sábado, o Theatro NET São Paulo receberá o espetáculo do álbum Margem, cuja direção é assinada por Adriana Calcanhotto. A banda que a acompanha é formada pelos mesmos músicos que tocaram e co-produziram com ela o seu mais recente trabalho de estúdio, Rafael Rocha (mpc, bateria, percussão, Handsonic, assovio), Bruno Di Lullo (baixo e sunth) e Bem Gil (guitarra e synth), os dois últimos estiveram com Calcanhotto na turnê A Mulher do Pau Brasil que rodou o Brasil no segundo semestre de 2018. 

    "Eles são compositores, são parceiros, são amigos, tocam na mesma banda, me ajudaram a produzir o disco, são gatos, como não os levaria pela estrada a fora?", derrete-se a artista. 

    O repertório do novo show tem como esqueleto as canções do novo álbum, Margem, resgata músicas de Maritmo e Maré, os outros dois discos da trilogia marinha (como "Mais Feliz", "Vambora", "Quem vem pra beira do mar"), além de sucessos da carreira de Adriana, como "Esquadros" e "Maresia" canções arranjadas especialmente para o espetáculo, como "Futuros Amantes", de Chico Buarque, de 1993, que a cantora gravou como faixa exclusiva para a versão japonesa do álbum Margem.

    "Canção irmã de 'Os Ilheus', apontam as duas para muito tempo depois de nossa civilização, e apostam as duas no amor e na virtude como humanidades sobreviventes aos tempos. Não saberemos. As duas canções irmãs só se encontram no palco (e no disco japonês) e em sequência. É dos momentos mais fortes do show, pra mim, no sentido do quanto uma canção pode exigir de nós em termos da nossa capacidade de rendição à beleza. Será que um dia Copacabana será a nova Atlântida? Chico Buarque é quem sabe", especula Calcanhotto.

    "No primeiro ensaio olhei para a banda e falei 'vamos fazer um luau'. Esse foi o primeiro sentimento. Luaus dependem da força do vento, do tempo que ele sopra numa só direção, da maré, e esse show é assim; completamente dependente do mar. Com os ensaios porém, fui percebendo que o emaranhado de textos do roteiro, que tem muitos ecos e referências literárias, foi se superpondo à ideia do luau, que é a princípio menos complexo. Os arquétipos marinhos foram dando as caras, a meu ver em função da sonoridade que alcançamos tocando juntos tanto tempo depois das gravações do disco. O som do show não quis ser o som do disco, o universo", conta a compositora.

     

    Classificação Indicativa: Livre

    Duração: 70 minutos

    Para mais informações e compra de ingressos acesse Sympla


    Theatro NET São Paulo, Rua Olimpíadas, 360, 5ª andar, Vila Olímpia - São Paulo, SP
    a partir de R$ 40,00

    Próximas datas do evento:

    05/10/2019-19:30

    Localização Theatro NET São Paulo

     
    BaresSP publicidade 980x90 bares

     

    Agenda de Eventos em São Paulo

     

     

    Agenda de Eventos MPB em São Paulo

     

     

    Shows Nacionais em São Paulo

     

     

    Shows Internacionais em São Paulo

     

     

    Programação Theatro NET São Paulo

     

    topo