Petiscos para bares e botecos Eventos BaresSP 570x300 imagem
    Arroba_marketUp2.png

    Petiscos para bares e botecos

    Petiscos para bares e botecos, tudo sobre os petiscos mais pedidos

    Por Michelly Lelis | 22 de Maio 2020 - Publicado em 21 Maio 2020


    Uma coisa que não pode faltar nos bares e botecos são os petiscos. As comidinhas em porção são um verdadeiro sucesso, caiu no gosto do público e é uma boa opção para acompanhar drinks e cervejas durante o happy hour com os amigos ou qualquer outro momento. Da versão mais tradicional ao mais gourmetizado, o que vale é possuir um bom cardápio à disposição dos clientes. Além disso, uma das melhores maneiras de servir petiscos é proporcionando a curiosidade e a vontade dos clientes em experimentar as novidades criadas exclusivamente para o estabelecimento. No entanto, é importante lembrar de não deixar de fora os principais petiscos de bar que são sensações em qualquer parte do Brasil, como a calabresa acebolada.
     
    A maioria dos clientes espera por um petisco de bar a preço justo, ou seja, proporcional ao custo de um petisco. Então lembre-se: não importa ter um petisco farto e maravilhoso e a porção ser por vendida a R$150. Confira mais sobre os petiscos para bares e botecos:
     
    Petisco Coxinha de Bar
     

    Coxinha

    Petisco obrigatório em vitrines de botecos, padarias de bairro e nas festinhas de família. Apesar de ser muito popular no Brasil, não foi aqui que a coxinha surgiu. A origem da receita é incerta, mas, segundo pesquisadores, o salgado nasceu no século XVIII, com a publicação do livro "Cozinho Moderno ou Nova Arte de Cozinha", do francês Lucas Rigaud, com a receita "coxas de frangas ou galinhas novas" empanadas e fritas. Com grandes transformações ao longo dos anos, um dos lugares que a coxinha faz grande sucesso é o boteco paulistano Frangó. Aberto em 1987 por Vandeyer Piccolo, foi um dos primeiros a eliminar a malfadada estufa para salgados, sempre frescos, além de acrescentar catupiry em dose generosa.  
     
    Como o grande sucesso, hoje, a coxinha possui diversas variações além do tradicional recheio de frango com catupiry. É possível encontrar coxinha com recheio de legumes, por exemplo, para cativar o público vegetariano, incluindo cenoura, milho, tomate e azeitona. Mas há coxinha de queijo, calabresa, presunto e queijo, carne moída, bacon, pernil, carne seca e muitos outros. Recheios de coxinhas doces para apreciar como sobremesa, são opções também. Apesar de não ser comum nos bares e botecos, entre os destaques estão coxinhas de churros, morango com chocolate, beijinho e brigadeiro.
     
    Petisco Bolinho de bacalhau
     

    Bolinho de bacalhau

    Queridinho por muitos, o bacalhau é um alimento milenar e conhecido por sua fácil conservação, já que é salgado e ainda mantém seus nutrientes. Não se sabe de fato quando o bolinho de bacalhau surgiu, mas a primeira receita oficial é datada em 1904 e presente no livro de receitas chamado "Tratado de Cozinha e Copa de Carlos Bandeira de Melo", oficial do exército português da época. No Brasil, a sua importância culinária carioca é tão grande quanto a coxinha para a cozinha paulistana, além de ter sido o Rio de Janeiro o primeiro local a receber o salgado.
     
    O bolinho de bacalhau há diversas curiosidades, principalmente, o peixe. Estima-se que o Brasil consome 30% do bacalhau pescado na Noruega, ou seja, 18 mil toneladas por ano. Além disso, no momento de seu preparo, não é com qualquer batata que é feita o bolinho. O ideal é fazer com a batata Astrix, também chamada de rosada, por ser mais seca e conter menos líquido, ideal para uma receita de qualidade superior. Além do Brasil, o salgado faz um grande sucesso nos países da Europa, como Espanha, França, Itália e Portugal, como também em Angola.
     
    Petisco Pastel de Bar
     

    Pastel

    Há duas histórias que abordam a origem do pastel e ambas apontam para a região da Ásia. A primeira credita o gyosa japonês por trazer os pastéis de feira para o Brasil. A outra hipótese coloca o rolinho primavera (harumaki) chinês como ancestral mais antigo. Independente do surgimento, os imigrantes nipônicos que desembarcaram no território brasileiro, durante a 2ª Guerra Mundial, popularizaram o pastel. Hoje, também é um item obrigatório em todos os bares e botecos do Brasil, e possui inúmeros recheios, como pastel de carne, queijo, bauru, palmito, frango com catupiry, entre outros.
     
    Petisco Calabresa acebolada
     

    Calabresa acebolada

    O maior sucesso dos bares e botecos do Brasil, a calabresa é um produto nacional, genuinamente brasileiro. Segundo historiadores, foi criada sob influência de imigrantes italianos, mais especificamente no bairro do Bixiga, em São Paulo. A inspiração veio da linguiça encontrada em Calábria (Salsiccia di Calabria). A Instrução Normativa Nº 4/2000 do Ministério da Agricultura define a linguiça calabresa como "produto obtido exclusivamente de carnes suína, curado, adicionado de ingredientes, devendo ter o sabor picante característico da pimenta calabresa submetidas ou não ao processo de estufagem ou similar para desidratação e ou cozimento, sendo processo de defumação opcional". A adição da cebola é para dar maior sabor ao petisco.
     
    Petisco Frango a passarinho
     

    Frango a passarinho

    Está entre os petiscos mais famosos de Norte a Sul do país, mas que ficou popular inicialmente na região Sudeste, no estado do Rio de Janeiro, na década de 1940. O petisco teria surgido para ser apreciado de maneira informal, nas mesas dos botecos e que, seu nome, é devido os pequenos cortes de frango frito que se assemelha a um passarinho. Ao se espalhar pelo Brasil, a receita foi ficando variada. Há versões com alho torrada e salsinha, com molho de alho, com molho tártaro e com vinagrete. Além disso, muitos se questionam a maneira certa de consumir o petisco. Afinal, utiliza garfo e faca ou as mãos? A maioria vai concordar que comer frango à passarinho sem usar os talhares é mais fácil. Em alguns bares e botecos de São Paulo oferecem luvas descartáveis na hora de apreciá-lo dessa maneira.
     
    Petisco Bolinho de carne seca
     

    Bolinho de carne seca

    Não se sabe exatamente quando e como o bolinho de carne seca surgiu, mas uma verdade é certa: é um dos petiscos mais pedidos nos bares e botecos de todo o país. Também conhecido como "croquete de carne seca", dependendo da região, o petisco pode ser redondinho, cilíndrico e até sem forma definida. A boa opção para acompanhar a cerveja, faz o maior sucesso entre os paulistanos, depois de serem dourados no óleo. Cada estabelecimento possui uma receita diferenciada, desde a clássica versão de arroz até com um prato típico da Amazônia, de maniçoba, a feijoada de folhas de mandioca, entre outros. Entre os destaques estão o Bar Léo, Bar da Dona Onça e Pirajá.
     
    Petisco Camarão frito
     

    Camarão frito

    Apesar de ser mais popular nos bares e botecos do litoral, não deixa de ser um petisco tradicional. Há diversas espécies de camarões marinhos que são pescados e vendidos para consumo, ainda mais no Brasil que há grande diversidade. A receita possui origem mexicana, mas não contém pimenta. A sua preparação é um pouco longa e elaborada, mas o resultado vale bastante a pena, sucesso garantido no estabelecimento.
     
    Petisco Torresmo
     

    Torresmo

    A contribuição da culinária portuguesa, com alguns temperos trazidos pelos escravos da África, o torresmo é o toucinho cortado em pequenos pedaços e frito até ficarem crocantes. Antigamente, era só uma maneira de se obter a banha de porco, mas, na Bahia colonial, os escravos passaram a consumi-lo diretamente. Hoje, o torresmo é conhecido por ser um delicioso petisco associado à comida mineira, sendo apreciado acompanhado de um aperitivo ou por uma boa cerveja gelada.
     
    Batata frita para bar
     

    Batata frita

    O clássico dos bares e botecos de todo Brasil. A batata frita é um dos petiscos mais pedido para acompanhar o happy hour com os amigos. Segundo historiadores, há duas hipóteses de como a batata frita surgiu: na França ou na Bélgica. No entanto, independente no local, o petisco se espalhou rapidamente e está presente em todo o mundo em grandes variedades e peculiaridades. Em nenhum outro lugar do mundo ela é tão apreciada e consumida quanto nos Estados Unidos, como o hambúrguer, petisco indispensável na alimentação dos americanos. 
     
    A batata frita possui grande variação. É possível apostar também nos molhos para acompanhá-la, bem como o seu formato. As batatas rústicas fritas, por exemplo, é uma opção para adicionar no cardápio do estabelecimento. Independente de quão sofisticado seja o local, este petisco é item obrigatório por ser um dos mais procurados para acompanhar uma boa cerveja.
     
    Quibe frito para bar
     

    Quibe frito

    O petisco que tem origem na região Levante, no Mediterrâneo, também é uma boa opção. O prato típico do Oriente Médio consiste em um bolinho de carne de soja, temperada com ervas que pode ser cru, cozido ou frito. O nome deriva de kubbeh que em árabe significa "bola". O quibe frito, o mais popular no Brasil, é preparado com trigo de quibe e recheada com carne. Em São Paulo, um dos lugares mais procurados para apreciá-lo, é o Bar do Justo.

     

     

     
     
     

    Fornecedores do Food Service

     
    Fernandes Araújo e CIA Contabilidade Empresarial
    Vorus
    Gin Theros
    Vinícola Salton
    Makro
    Ecograph
    Santa Monica
    Blend Express
    Astoria
    Italian Coffee
    Studio Cris Paola
    Inove
    MarketUp
    Ouro de Kaffa
    Madalena
    Vem! Plast
    Visite São Paulo
    BeerSenses
    Franco Bachot
    Mobili Center Mesas e Cadeiras
    Casa Flora
    Paulaner
    Rj Carrinhos
     

    Tudo sobre Gestão para Bares e Restaurantes

     
     

    Tudo sobre Marketing para Bares e Restaurantes

     
     

    Tudo sobre Bebidas

     
     

    Tudo sobre Cafeterias, Cafés e Barista

     
     

    Tudo sobre Equipamentos para Bares e Restaurantes

     
     

    Tecnologias para Bares e Restaurantes

     
     

    Tudo sobre Delivery

     
     

    Tudo sobre Leis para Bares e Restaurantes

     

    BaresSP publicidade 980x90 bares


    topo