Restaurante Mussashi: A casa do yakissoba no centro de São Paulo Eventos BaresSP 570x300 imagem
    arroba-banner-inove.jpg

    Restaurante Mussashi: A casa do yakissoba no centro de São Paulo

    Dois em referência em yakissoba, Mussashi abre nova unidade no centro

    Por Kaminari Comunicação  | 08 de Março 2010 - Publicado em 04 Março 2010


    O restaurante Mussashi, que há dois anos é referência em yakisoba e culinária japonesa no bairro da Liberdade, inaugura uma nova unidade em pleno berço histórico de São Paulo.
     
    A culinária japonesa ficou famosa pelas casas de sushi. Em seguida, surgiram as temakerias (cone). Agora é a vez das casas de yakisoba fazerem sucesso. Pioneiro no gênero, o restaurante Mussashi abriu sua primeira unidade há dois anos no bairro da Liberdade. A segunda casa, aberta há dois meses, fica próximo ao Pátio do Colégio. A aposta está em yakisobas preparados na hora com vegetais frescos e bem-temperados, macarrão especial com a textura certa e um molho que exige muita paciência e dedicação, características levadas à risca na cultura japonesa. “Toda cozinha tem seu diferencial. No nosso caso, é o molho do yakisoba. Levamos dois dias para prepará-lo”, afirma o proprietário do restaurante Akira Matsuda, que considera o “yakisoba a cara do Mussashi”. Em japonês, yaki significa grelhado,assado, frito. E soba é um tipo de macarrão do tipo talharim feito de trigo sarraceno.
     
    O sabor tradicional – e mais pedido - leva pedaços de carne e frango tenros, mas o cardápio também tem espaço para versões vegetariana, frutos do mar, camarão-de-sete-barbas, lula ou ao gosto do cliente. “Tem gente que pede para colocar só frango, outros só camarão e assim nós fazemos”, revela o jovem cozinheiro Adriano Santos, responsável pelo preparo dos pratos e também pela montagem.
     
    Por falar em montagem, no Mussashi o cliente escolhe o yakisoba pelo tamanho e pela gula. Tem desde o Mini, com 270 gramas (R$3,49), até o Max com 1,1 quilo (R$14,49), ou optar por combos, como o combinado de yakisoba, 3 gyozas (pastel de carne suína cozida a vapor) e um suco de polpa (R$7,99).
     
    A casa chama a atenção pela decoração moderna e amplo espaço em pleno centro de São Paulo. No primeiro ambiente, ficam a cozinha, o balcão em que são feitos os pedidos e um salão que comporta cerca de 50 pessoas. Há um outro salão com mesas para 130 pessoas que fica numa espécie de mezanino. Ao fundo há um pôster com a imagem do Monte Fuji, a montanha mais alta do Japão, com 3.776 metros.
     
     
    Ex-cozinheiro do Gero dá toque internacional ao buffet
     
    Além do yakisoba e dos pratos a la carte, o restaurante Mussashi conta com um generoso buffet (R$29,99 o quilo) de pratos da culinária brasileira e internacional. De segunda a sexta, o cliente que for almoçar no Mussashi irá encontrar, no primeiro andar da loja, um leque de 20 pratos quentes, 15 tipos de saladas tradicionais e orientais, sushis e sobremesas. Para refinar esse tempero, a casa conta com a experiência do chef José Batista, que tem 38 anos de carreira e já foi chef do restaurante do Parque Balneário de Santos, cozinheiro do Paddock e cozinheiro por 5 anos do requintado restaurante Gero. “Eu trago a experiência da culinária francesa, italiana e contemporânea para o Mussashi”, esclarece o chef, conhecido como Ceará. Tamanha experiência resultou em receitas saborosas, como o salmão recheado com farofa de camarão, frango em cubos regado a molho de champagne, além de massas, peixes, risotos, tortas, entre outros. Há sempre uma variedade de churrasco quentinho e com carnes de primeira. Como sobremesas, a casa investe em frutas e doces caseiros, como compotas e pudins.

     

     
     
     

    Bares em São Paulo

     
     

    Notícias BaresSP

     

    BaresSP publicidade 980x90 bares


    topo