Perrier-Jouët nomeia pela primeira vez uma mulher para comandar a prestigiada Maison  Eventos BaresSP 570x300 imagem
    arroba-metodos-de-cafe.jpg

    Perrier-Jouët nomeia pela primeira vez uma mulher para comandar a prestigiada Maison

    Severine Frerson será a 8ª Chef de Cave e a 1ª mulher na história

    Por João Pimenta | 13 de Novembro 2020 - Publicado em 13 Novembro 2020


    A Maison Perrier Jouët possui mais de duzentos anos de existência e, após outros 7 chefs de cave, pela primeira vez uma mulher assume a produção do emblemático champagne. Severine Frerson possui dez anos de experiência como chef de cave em outra grande produtora de bebidas da região.

    Natural da região de Champagne, sua ligação com esse mundo remonta aos 15 anos de idade, quando Severine escolheu a enologia como carreira, desafiando aqueles que afirmavam que esta indústria era somente para homens. Agora, nas adegas da Perrier Jouët, ela leva toda a sua sensibilidade e intuição para classificar os vinhos da Maison.

    Severine Frerson teve dois anos de aprendizado com Hervé Deschamps, que ficou 20 anos à frente da produção da marca, seguindo fielmente os passos de seu antecessor, André Baveret

    “Nossa história é marcada por Rose-Adélaïde Jouët, que fundou a Maison com seu marido Pierre-Nicolas Perrier em 1811. Seu grande caráter, determinação e ousadia, tal qual Séverine Frerson, cujo amor pelo vinho, aposta na qualidade e apego ao terroir, se alinham com a filosofia da nossa Maison”, comentou Christophe Danneaux, vice-presidente de champagne e diretor de negócios da Perrier-Jouët, em 2018 na chegada de Severine à Maison.

    A entrega do cargo aconteceu recentemente com pompa e circunstância em um evento coroado de emoção e transmitido online e ao vivo para diversos países.

     

    TAGS
     
     
     
     

    Bares em São Paulo

     
     

    Notícias BaresSP

     

    BaresSP publicidade 980x90 bares


    topo