Sinfonia Samsung Rock une Orquestra de Heliópolis com grandes roqueiros no Parque Ibirapuera

Sinfonia Samsung Rock une Orquestra de Heliópolis com grandes roqueiros no Parque Ibirapuera Eventos BaresSP 570x300 imagem
10/09/2017 - Horário do evento: 18:00
2017-09-10

Sinfonia Samsung Rock une Orquestra de Heliópolis com grandes roqueiros no Parque Ibirapuera

Auditório Ibirapuera - Centro de Cultura - Avenida Pedro Álvares Cabral, Parque Ibirapuera - São Paulo, SP
 

Auditório do Parque Ibirapuera recebe no dia 10 de setembro, a primeira edição do Sinfonia Samsung Rock, evento que une a Orquestra Sinfônica de Heliópolis a um grupo de músicos de rock e quatro guitarristas consagrados para celebrar a bem-sucedida história do gênero. 

O projeto compõe uma das atividades previstas no calendário 2017 do Samsung Conecta, iniciativa que tem por objetivo oferecer experiências únicas na música e no esporte, gerando inclusão, oportunidades e acessibilidade aos brasileiros.

O espetáculo tem roteiro e curadoria de Marcus Preto e contempla as fases mais importantes do rock and roll e dos gêneros que dele derivaram. O diretor musical Ruriá Duprat convocou outros grandes nomes da música – como Nelson Ayres, Wagner Tiso, Thiago Costa e o próprio Rebetez– para criarem com ele os arranjos orquestrais. A regência ficou a cargo do maestro Edilson Ventureli, titular da Sinfônica.

O show dá protagonismo à figura do guitarrista, peça-chave em qualquer banda de rock. Para tanto, traz quatro convidados se revezando nesse posto: Luis Sérgio Carlini (da banda Tutti-Frutti, surgida nos anos 1970), Edgard Scandurra (do Ira!, que estreou nos 1980), Lucio Maia (da Nação Zumbi, anos 1990) e o caçula Tim Bernardes (da banda O Terno, 2000) - figuras de grande relevância nas últimas quatro gerações do rock brasileiro.

A linha do tempo parte da década de 1960, contemplando clássicos dos Beatles, dos Rolling Stones e dos Beach Boys. E chega até a geração brasileira dos anos 1990 e 2000, cruzando pontos fundamentais das obras dos Titãs e Legião Urbana.

Há peças dedicadas a gêneros específicos, como o folk (colando clássicos de Bob Dylan e Simon & Garfunkel), o rock psicodélico (com Jimi Hendrix, Cream, The Mamas & the Papas e Jefferson Airplane) e o indie (com The Verve, White Stripes, Franz Ferdinand) e o punk (Ramones, Sex Pistols e The Clash). No mesmo espírito, o “Mashup Synthpop” junta New Order, Depeche Mode, Eurythmics e outras bandas do rock eletrônico dos anos 1980.

Alguns artistas falam por todo um gênero. Pink Floyd representa o rock progressivo. David Bowie, o glam-rock. Rita Lee é a mais completa tradução do rock brasileiro, dos anos 1960 aos 2000. E não é preciso muito mais do que os quatro singles do álbum Nevermind (1991), da banda Nirvana, para explicar do que é feito o grunge: uma peça foi escrita especialmente para cada um desses quatro casos.

Criada em 2009, a Orquestra Juvenil de Heliópolis é formada por 60 músicos de 14 a 25 anos de idade. Sob a batuta do maestro Edilson Venturelli, a orquestra já se apresentou em algumas das principais salas de concerto de São Paulo, como o Theatro São Pedro, Sala São Paulo, Auditório MASP, Centro Cultural São Paulo, entre outros. Mantida pelo Instituto Baccarelli – organização sem fins lucrativos voltada para o ensino musical, formação artística e inserção social –, a Orquestra Juvenil de Heliópolis participou de eventos como o Criança Esperança (2011) e a III Conferência Global Sobre o Trabalho Infantil, realizada pela Organização Internacional do Trabalho (OIT), em Brasília. O Instituto conta com a direção artística do maestro Isaac Karabtchevsky e o patronato do renomado regente indiano Zubin Mehta, que se encantou com a instituição ao visitá-la em 2005.
           

Categoria: Shows
Preço: Não informado


BaresSP publicidade 980x90 bares

Localização Auditório Ibirapuera - Centro de Cultura

 

Agenda de Eventos Shows em São Paulo

 

Shows Nacionais em São Paulo

 

Shows Internacionais em São Paulo

 
 

 

BaresSP   BR3   DisplayFun   BaresSP eventos