facebook tag
 
 
O que fazer no Copan em São Paulo Eventos BaresSP 570x300 imagem

O que fazer no Copan em São Paulo

Conheça os bares e restaurantes que estão dentro do Edifício Copan

Michelly Lelis 

 

É impossível passar na extensa Avenida Ipiranga e não admirar o grande “S” que se destaca na arquitetura presente no centro de São Paulo, no número 200. O Edifício Copan começa a sua história na década de 1950, época no qual a cidade paulista passava por um intenso crescimento mobiliário e tinha o objetivo de verticalizar as moradias. O nome surgiu devido à abreviação da empresa responsável pelo projeto, a Companhia Pan-Americana de Hotéis, que gostaria de homenagear o IV Centenário da cidade de São Paulo.

Mas, o destaque do prédio, a sua forma, foi de responsabilidade de Oscar Niemeyer com a colaboração de Carlos Alberto Cerqueira Lemos. Quebrando os ângulos retos do centro da capital paulista, tem a marca do seu criador que escreveu: “não é o ângulo reto que me atrai, nem a linha reta, dura, inflexível... o que me atrai é uma curva livre e sensual...” (Niemeyer, 1998). O brise soleil foi escolhido com a finalidade de destacar ainda mais as curvas, além da proteção solar.
 
A obra concluída em 1966 tinha como ideia inicial serem dois prédios (residencial e hotel) que fossem ligados por uma marquise no térreo que teria garagem, cinema, teatro e comércio, mas apenas o residencial foi construído. Hoje, possui mais de mil apartamentos, divididos em seis blocos e uma área comercial, incluindo bares e restaurantes. Confira agora o que fazer no Copan em São Paulo:

- Confira o nosso canal de bares

- Padaria Santa Efigênia: localizada pela entrada da Rua Araújo, a Padaria Santa Efigênia oferece café da manhã, almoço e jantar. Aberto diariamente, das 06h às 22h40, o local é procurada por todos que moram ou trabalham na região. Conhecida por boas tapiocas, pães e frutas, a padaria possui o cardápio com os tradicionais pratos, além do restaurante por quilo no segundo andar.

- Café Floresta: presente dentro do edifício desde 1970, o Café Floresta se mantém da mesma maneira de quando foi inaugurada, na loja 21. O local passa também a ser uma atração turística à parte pelo fato de possuir uma iluminação, balcão, vitrine e até um incrível mural antigo da cafeteria. Além do tradicional expresso, há também o curto, carioca, cortado, com leite, capucciono e até opções gourmet. Aberto diariamente, até às 00h30 de segunda a sábado e até às 23h no domingo.

- Magg Café: inaugurado em 2015, a cafeteria já se tornou parada obrigatória na galeria do Edifico Copan. Como o nome já sugere, o cheiro irresistível de café moído na hora está presente, além das refeições leves e artesanais, sem contar com os doces e sobremesas, com destaque para as tortas e bolos que possuem pouco açúcar e ainda são saborosos. Aberto das 08h às 19h de segunda a sexta e das 09h às 15h no sábado.

- Eco Mercato: localizado na loja 58/59 do Copan, o Eco Mercato é uma ótima opção para aqueles que procuram uma comida mais saudável durante o café da manhã e almoço com pratos caseiros, mas com um toque moderno. Os destaques ficam para o ensopado de carne, frango grelhado com legumes, risotos e massas, além de contar com as opções vegetarianas também. Aberto diariamente, das 07h30 às 22h de segunda a sexta e das 09h às 17h nos sábados e domingos.

- Bar da Dona Onça: entre as lojas 27 e 29 do Copan é possível encontrar um dos bares mais badalados do patrimônio paulista. O Bar da Dona Onça é comandado pela chef Janaína Rueda e traz há dez anos prosa, poesia, bar e restaurante em um só local. Com mesas internas e na calçada, a chef traz uma boa comida caseira, como strogonoff, cuscus paulista, cozido, galinha e arroz de bacalhau. Sem contar o animado happy hour que acontece, com um bom chopp. Segunda à quarta, das 12h às 23h30; quinta à sábado, das 12h à 00h30; e domingo, das 12h às 17h.

- Fel: para aproveitar já o final de tarde, o Fel é uma ótima escolha. Na loja 69, entrada através da rua interna do Copan, o bar possui luz baixa, balcão de mármore e trilha de rock que acompanha os bons drinks que são perdidos. A carta de bebidas, assinada por Michelly Rossi, resgata os coquetéis esquecidos, informando o ano e local de criação das receitas. De segunda a sábado, a partir das 19h, é possível desfrutar do local com os amigos.

- O Holanddes Hamburgueria: uma boa escolha para aqueles que querem algo diferenciado no local. O Holanddes Hamburgueria proporciona burguer artesanal do tipo smash, ou prensado na chapa, com um tamanho que é possível comer sem se sujar. O cardápio não é pequeno, com opções até mesmo de hot dog, também elaborado com salsicha artesanal. Mas, o que conquista o público logo de cara são as batatas fritas: temperadas e crocantes. Aberto de segunda a sábado, a partir das 11h.

Além dos bares e restaurantes presentes no Edifício Copan, não se pode deixar de aproveitar do mirante. Depois de aproveitar as atrações do térreo, basta se dirigir ao Bloco F, preencher o caderno de visitantes e pegar o elevador que leva até o 32º andar, acompanhado por um bombeiro. Depois, subindo um lance de escadas, uma das melhores vistas de São Paulo pode ser aproveitada. O horário da visitação é das 10h20 e 15h20, de segunda a sexta, exceto feriados, com duração das visitas entre 15 a 20 minutos. Da vista panorâmica da cidade pode ser visto praças, jardins verticais, avenidas arborizadas e até mesmo os murais grafitados do Baixo Augusta e da Consolação. 

- Veja também: os melhores museus em São Paulo

 
 
 
 

 

BaresSP   BR3   DisplayFun   BaresSP eventos