Segunda semana do Projeto Amapá em Cantos no SESC Ipiranga Eventos BaresSP 570x300 imagem
    300x250_090420211406.gif

    Segunda semana do Projeto Amapá em Cantos no SESC Ipiranga

    Segunda semana do Projeto "Amapá em Cantos" no SESC Ipiranga

    Por Carlos Lopes (Maquinário Assessoria de Comunicação) | 27 de Novembro 2008 - Publicado em 27 Novembro 2008


    Entre os dias 27 e 30 de novembro, acontece a segunda - e última - semana do projeto Amapá em Cantos, no SESC Ipiranga, evento que apresenta os principais artistas do Amapá em shows recheados de ritmos, músicos e compositores consagrados em toda a região norte e nordeste. Além deles, o acontecimento conta com a presença de artistas já conhecidos do grande público.

    Destaca-se entre as atrações o show da banda Senzalas com Chico Cesar - que faz participação, também, no álbum da banda, junto com Zeca Baleiro, e a presença de Leci Brandão (na foto) junto aos compositores Verônica dos Tambores e Ronery. Além dos shows, no dia 29 acontece a apresentação de dança do Grupo de Batuque, com tocadores de tambores e dançarinas - que em festas costumam entoar os tambores por até 10 horas sem parar.

    Os shows são contemplados por sonoridades como carimbó, marabaixo, embolada, tudo recheado de percussão, naipe de metal, guitarras, baixo, bateria, teclado e muita sonoridade.

    Realizado pela Secretaria de Estado da Cultura do Amapá (SECULT) e a Associação dos Músicos e Compositores do Amapá (AMCAP), o Projeto Amapá em Cantos tem curadoria e produção da paulistana Drika Bourquim, direção artística de Nilson Chaves, direção musical de Miquéias Reis e Adelbert Carneiro e coordenação geral de Andrea Siomara de Siqueira Breches e Carla Dias.

    Agenda

    Chico César e banda Senzalas
    Show - 27 de novembro, quinta-feira, a partir das 21h

    Com fusões que passam pelo reggae, zouk, funk e carimbó, o Senzalas apresenta em seu show músicas de seu segundo disco, "Tambores do Meio do Mundo", com participação de Zeca Baleiro e Chico César. Com a experiência de shows pela Europa (Alemanha, França, Itália), São Paulo e o Canecão, no Rio de Janeiro, além de passagens por festivais e programas de TV, o conjunto fará um show especial junto à presença de Chico César. O encontro entre os artistas promete show exclusivo e cheio de expressão.

    Zé Renato & Luzinha se encontram com Nivito Guedes e Osmar Júnior
    Show - 28 de novembro, sexta-feira, a partir das 21h

    Com 30 anos de carreira e um dos ícones do Movimento Costa Norte na década de 1980, em que movimentou a cena cultural do Amapá, Osmar Junior possui, hoje, o repertório mais expressivo da música feita no Amapá. Com sucessos cantados por artistas nacionais, dividirá palco com o cantor e compositor Zé Renato, do quarteto vocal e instrumental Boca Livre.

    Quem sobe depois ao palco é a cantora e compositora Lucina (sucessos nas vozes de Ney Matogrosso, Zélia Duncan, Nana Caymmi, Joyce, Daúde, etc.), que receberá Nivito Guedes com suas fusões rítmicas, melodias indígenas, Marabaixo, Batuque, Zimba, Carimbó, Merengue e muita influência caribenha advinda da divisa Brasil-Guiana.

    Irreverência, Negritude & Sonoridade Made in Brazil com Naldo Maranhão, Negro de Nós, Pedro Osmar e Jean Garfunkel
    Show - 29 de novembro, sábado, a partir das 20h

    Com influência do rock, do reggae e outros ritmos, o cantor e compositor Naldo ficou conhecido pela canção "Maria Clara", em homenagem a Cirio de Nazaré, de Belém. É ele quem convida o instrumentista, cantor, compositor e provocador paraibano Pedro Osmar e sua música diretamente ligada a nomes da MPB como Zé Ramalho, Elba Ramalho, Lenine, Vital Farias, Xangai, entre outros.

    Logo depois, sobe ao palco a banda Negro de Nós e suas músicas distribuídas pelo selo Ganser & Hanke, na Europa, no Japão e nos Estados Unidos, fazendo dançar brasileiros e estrangeiros pelo mundo afora. Eles convidam Jean Garfunkel.

    Grupo de Batuque
    Dança - 29 de novembro, sábado, a partir das 18h

    Grupo de tambores cadenciados com forte ritmo que faz músicos em suas festas tocarem por até 10 horas sem parar. Como no marabaixo, possui o cantador e as dançadeiras entoando o "ladrão" (frase que se repete durante toda a canção).

    Luhli & Leci Brandão com Verônica dos Tambores e Ronery
    Show - 30 de novembro, domingo, a partir das 17h

    Pertencente à música folclórica da Amazônia, Verônica, que compõe com suas batidas de tambor, resgata a expressão afro-descendente e convida a também a engajada cantora e percussionista Luhli, que tem vários sucessos gravados, principalmente na voz de Ney Matogrosso (“Vira”, “Coração Aprisionado”, “Bugri”).

    O cantor e compositor Ronery revela em suas canções a essência negra e convida para o encerramento do projeto a sambista Leci Brandão, que dispensa apresentações. Ronely, que iniciou sua carreira no Placa Luminosa, tem mais de 400 canções editadas no Brasil, interpretadas por artista como Milionário e José Rico, Cristhian e Ralf, Banda Warilou, Banda Carrapicho, Beto Barbosa, Forró Saborear, Banda Calypso, Fruta Quente, Nilson Chaves e tantos outros. Seu novo desafio é o projeto "O Som do Meio do Mundo/Música de Preto".

    Seviço

    2ª semana do Projeto "Amapá em Cantos" no SESC Ipiranga
    Rua Bom Pastor, 822 - São Paulo, SP

    Não possui estacionamento

    Dança: Quintal (200 lugares)
    Duração: 120 minutos
    Recomendação etária: livre

    Ingressos: grátis

    Shows: Teatro (200 lugares)
    Duração: 120 minutos
    Recomendação etária: 10 anos

    Ingressos: R$ 3 (trabalhador no comércio de bens e serviços matriculado no SESC e dependentes), R$ 6 (usuário matriculado no SESC e dependentes, + 60 anos, estudante e professor da rede pública de ensino) e R$ 12 (inteira).

    Informações ao público: Tel: 3340-2000, de terça a sexta, das 8h às 21h; sábados, domingos e feriados, das 9h às 17h, no site www.sescsp.org.br ou pelo 0800 118220. 

     

    TAGS
     
     
     
     

    Bares em São Paulo

     
     

    Notícias BaresSP

     

    BaresSP publicidade 980x90 bares


    topo