Casa da Cerveja tem exclusividade na importação das Trapistas Chimay Eventos BaresSP 570x300 imagem
    experiencia-gastronomicas_banner_300x250.jpg

    Casa da Cerveja tem exclusividade na importação das Trapistas Chimay

    Casa da Cerveja tem exclusividade na importação das Trapistas Chimay

    Por Atitude Press Assessoria em Comunicação | 16 de Maio 2010 - Publicado em 14 Maio 2010


    A Casa da Cerveja, empresa especializada na pesquisa e importação de cervejas especiais, acaba de dar mais um importante passo no seu compromisso de facilitar aos consumidores brasileiros o acesso às cervejas mais preciosas do mundo. Agora, as cervejas Chimay passarão a ser importadas com exclusividade pela Casa da Cerveja.

    Tais rótulos fazem parte do seleto grupo das cervejas preparadas por monges da Ordem dos Cistercienses Reformados de Estrita Observância, ou, simplesmente, Ordem Trapista (de onde tiram a denominação de cervejas trapistas). Atualmente existem apenas sete abadias católicas no mundo que produzem cerveja trapista. Seis delas instaladas na Bélgica.

    Cerveja Trapista

    Repletas de história e personalidade, as cervejas produzidas pelos trapistas belgas chamam a atenção do mundo pela sua qualidade incomparável, resultado de um processo único de produção. Concebida sem pretensões lucrativas, os trapistas encaram a fabricação de cerveja como uma atividade terapêutica de demonstração de amor ao trabalho e à vida. A renda adquirida pela atividade comercial é direcionada às necessidades materiais, intelectuais e espirituais das abadias e o excedente é consagrado às obras de caridades sociais.

    As Chimay, em especial, são produzidas desde 1862 pelos monges da abadia de Notre-Dame de Scourmont seguindo um rigoroso padrão de qualidade. Provenientes de um processo de alta fermentação, as bebidas possuem elevado teor alcoólico e personalidades marcantes, o que as transforma em perfeitos acompanhamentos gastronômicos.

    A família Chimay é composta por três tipos diferentes de cerveja, todos aclamados por especialistas de todo o mundo como o que há de melhor em cerveja:

    Chimay Tripel: Com coloração amarelo-alaranjado, turva, possui espuma generosa e persistente. Tem aroma de condimento (pimenta do reino), frutas cítricas (casca de laranja) e também notas herbais. Bebida seca, apresenta média acidez e amargor, com retrogosto marcante de frutas cítricas e condimentos. Ótima como aperitivo.
    Trapista (Tripel) | 8% Alc. | 750ml
    Consumir entre 6º a 8ºC.


    Chimay Blue: Forte e encorpada, com boa estrutura para envelhecimento – se preservada em adega à 12ºC dura mais de 20 anos. Com coloração castanho-avermelhado, ligeiramente turva, possui espuma generosa e persistente. Aromas de tostados, herbais e florais. Amargor presente e longo, quente e certa sensação frisante. Lembra Vinho do Porto. Perfeita com cordeiro, porco e carnes de caça. Queijos semi-macios, semi-duros e sobremesas à base de chocolate também casam perfeitamente com a bebida.
    Trapista (Strong Dark Ale) | 9% Alc. | 330ml
    Consumir entre 10º e 12ºC.




    Chimay Red: Coloração castanha, turva com espuma generosa e persistente. Aroma de frutas, condimento e cítricos. Na boca possui acidez marcante. É seca e pouco frisante. Perfeita para harmonização com carnes vermelhas de porco e de caça com molhos variados a base de aromas relacionados. Também se harmoniza com queijos semi-duros maduros e queijos azuis, além de charutos.
    Trapista (Dubbel) | 7% Alc. | 330ml
    Consumir entre 10º e 12ºC.


    Sobre a Casa da Cerveja

    Desde 2005, a Casa da Cerveja atua no mercado brasileiro importando produtos especiais das melhores cervejarias e mosteiros trapistas da Europa, sobretudo da Bélgica, onde estão localizadas seis das sete tradicionais abadias produtoras de cerveja artesanal no mundo. Atualmente trabalha também com variedades de países como Alemanha, Escócia, Inglaterra e outros, sendo responsável por possibilitar que os amantes brasileiros da bebida apreciem em seu país o que há de melhor no segmento em todo mundo.

    A loja é o segundo empreendimento das sócias Kathia e Letícia Borges, que há 5 anos abriram a importadora de mesmo nome e tornaram-se experts em pesquisar e importar cervejas especiais, como as trapistes, produzidas em tradicionais mosteiros da Bélgica. Além de oferecer rótulos raros e considerados verdadeiros tesouros da gastronomia por críticos especializados, o local terá como diferencial um calendário regular de palestras e degustações de cerveja. A proposta das empresárias é que a loja também vire um espaço de interação e troca de informações sobre cervejas finas, um verdadeiro pólo difusor da arte de apreciar esta bebida como ela merece. A Casa da Cerveja já é referência nacional em importação e distribuição das melhores cervejas do mundo para bares, restaurantes e hotéis. Com a inauguração da loja, em Pinheiros, na rua Lisboa, 502, a empresa oferece ao consumidor final a possibilidade de adquirir estas raridades no varejo.

     

    TAGS
     
     
     
     

    Bares em São Paulo

     
     

    Notícias BaresSP

     

    BaresSP publicidade 980x90 bares


    topo