Engajamento de equipe no bar e restaurante Eventos BaresSP 570x300 imagem
    Equipotel-Banner_Vendas-300x250px-V2-Animado2.gif

    Engajamento de equipe no bar e restaurante

    Saiba como criar engajamento de equipe para bares e restaurantes

    Por Henrique Arantes | 18 de Maio 2020


    Atuar no food service há quinze anos, especializar em engenharia de cardápio e aplicação de tecnologia a gastronomia profissional, proporcionou experiências e conhecimentos únicos ao abordar o assunto e ajudar a milhares de donos de bares e restaurantes através de cursos da ESBRE, Guia do Hambúrguer, Senac e Hotec. Durante período de crise e anormalidade, como a pandemia do novo coranavírus, recomendo algumas medidas a se tomar em relação ao engajamento da equipe no bar e restaurante:
     
    A primeira coisa que se aprende com uma crise é qual o valor do capital humano. Muitos empresários falam a mesma coisa: “não consigo treinar minha equipe” ou “não consigo ter engajamento”. No entanto, isso não é um problema apenas do negócio, mas sistêmico e cada um deve fazer a sua parte na solução. Diversas pessoas conhecem uma empresa que possui um volume grande de funcionários, relativamente mal remunerado, mas que ainda assim consegue reter essa mão de obra. 
     
    Previamente, o que se percebe nessa empresa é a questão do exemplo. O dono da empresa tem que dar o ensinamento; não pode ficar parado, conversando com os amigos e ainda dando ordem. Por mais que o negócio seja seu, a sua equipe só vai se sentir motivada caso ver a sua participação eficiente. Como líder, você deve dar o exemplo. Quando for necessário, faça parte do trabalho, pegue uma bandeja e ajude os garçons que estão com alta demanda. Lembre-se de ajudar somente quando precisar. 
     
    Outro ponto importante, é a organização. Em uma empresa organizada as pessoas se sentem seguras, sabem onde os itens estão, quando um evento irá acontecer, datas de pagamentos etc. Neste período, quando há uma redução de vendas, olhe para dentro da empresa e perceba onde melhorar e garanta a organização. Como fazer isso? Crie um processo ou adapte o processo anterior. Se há um procedimento que está sendo feito e ainda assim a organização não foi atingida, significa que o processo está errado. Então, altere até garantir que a organização exista e que a maioria das pessoas estejam confortáveis com a mudança. Isso vai resultar em um engajamento natural. 
     
     
    A transparência também é essencial para o negócio. A nossa cultura, como um todo, não é transparente. Imagino que seja difícil abrir números para funcionários, mas eles geram um conforto mental para essas pessoas. Por exemplo, se a empresa não estiver indo bem e você aparecer com um carro que possui valor alto, é claro que vai existir uma desconfiança por parte dos empregados. Se houver uma transparência e dizer que o patrimônio exibido não há ligação com a empresa, eles vão ficar mais confortáveis. Portanto, é importante escolher alguns números financeiros para gerar transparência e realizar reuniões semanais para apresentar esses resultados que podem servir como indicadores de performance. Sem transparência e informação clara, gera desconfiança e, naturalmente, o engajamento da equipe cai.
     
    O relacionamento é um ponto importante para gerar engajamento de uma equipe. Quando se fala em relacionamento, é uma proximidade mínima com os funcionários e mostrar que você se importa. O capital humano é muito valorizado e se caso não houver interesse pela equipe, é muito difícil que a recíproca seja verdadeira. Seja mais próximos a eles, crie situações onde haja um certo relacionamento, sem destruir a autoridade. Em conclusão, é importante que exista laços em certos graus dentro de qualquer empresa. 
     
    O reconhecimento é algo que se torna escasso no mercado food service e poucas pessoas criam modelos que fazem acontecer. Além do salário, qualquer pessoa busca ser reconhecida profissionalmente e isso se conquista através de reuniões, onde resultados positivos sejam apresentados junto com os demais da equipe. Os elogios dos clientes também devem ser mencionados nessas situações e, principalmente, reconhecimento não somente para o gestor, mas também para a pessoa que foi responsável por essa ideia e respigando um pouco na equipe que tornou o êxito possível.
     
    Portanto, o reconhecimento é essencial apesar de ser pouquíssimo usado. Com a falta de reuniões, as equipes não sabem quem está fazendo um bom trabalho o que acaba deixando espaço para a fofoca. A falta de reconhecimento passa a ser um assunto tóxico para qualquer organização e gera desengajamento absurdo. A valorização pode ser feita de diversas maneiras, inclusive de premiações. Há exemplos simples, como folga, final de semana com tudo pago com a família, churrasco pós expediente para toda a equipe etc. Encontre um formato que envolva o mínimo de capital, mas que gere maior aproveitamento possível do prêmio. Assim, os funcionários vão dar maior valor do que está sendo recebido e vão se tornar mais engajados.  
     
    Henrique Arantes

    Henrique Arantes

    Apaixonado por gastronomia e tecnologia, trabalha com alimentação há 15 anos, dois quais 10 foram de desenvolvimento de novas técnicas, pesquisas, cursos, consultorias e projetos para restaurantes, hotéis, fabricantes, etc. Especialista em desenvolvimento de ferramentas de B.I. com foco em engenharia de cardápio e cursos de gestão para food service.

     

     
     
     

    Fornecedores do Food Service

     
    Bates Gin
    Stock
    Grupo Petrópolis
    Up900
    Kawaii Gin
    Real Ingredients
    DRJ Soluções Empresariais
    Enraizes
    Cachaça SP
    Apogee Gin
    Apressa
    Gin Arapuru
    Tecnoline do Brasil
    Unilever Pro
    finestcall
    Casa Bucco
    Rural Mac
    Beefeater
    Vorus
    Gin Lassaleti
    Winterhalter
    Destilaria Sapucaia
    LaSpaziale
    Dona Nani
    Alzira
    Best Whip
    Absolut
    Gin Theros
    Studio Cris Paola
    Acquamix
    Lilit Vodka
    Paulistânia
    Atlantis Spirit
    Porão da Cerveja
    Franco Bachot
    Café Fazenda Floresta
    Vinícola Salton
    Catupiry
    Flavors
    Jungle Gin
    Kaly
    Famiglia griffo
    NitroJet
    Black Princess
    Santa Lúcia
    Nogueira brinquedos
    BUNN
    Beast Vodka
    Silver Seagers GIN
    Pernod Ricard
    Unique Cafés
    Cannon Ball Rum
    River Side
    GrannoDoro
    Cachaça Sobria
    Blend Express
    Italian Coffee
    Astoria
    BeerSenses
     

    Tudo sobre Gestão para Bares e Restaurantes
    +

     
     

    Tudo sobre Marketing para Bares e Restaurantes
    +

     
     

    Tudo sobre Bebidas
    +

     
     

    Tudo sobre Cafeterias, Cafés e Barista
    +

     
     

    Tudo sobre Equipamentos para Bares e Restaurantes
    +

     
     

    Tecnologias para Bares e Restaurantes
    +

     
     

    Tudo sobre Delivery
    +

     
     

    Tudo sobre Leis para Bares e Restaurantes
    +

     


    BR3 Eventos Ltda - CNPJ 09.304.439/0001-82 - Rua Itápolis, 1468 - Pacaembu- CEP 01245-000 - São Paulo - SP

    topo