• Niks Burger Bar
    • Niks Burger Bar
    • Niks Burger Bar
    • Niks Burger Bar
    • Niks Burger Bar
    • Niks Burger Bar
    • Niks Burger Bar
    • Niks Burger Bar
    • Niks Burger Bar
    • Niks Burger Bar
    • Niks Burger Bar
    • Niks Burger Bar
    • Niks Burger Bar
    Niks Burger Bar Guia BaresSP

    Niks Burger Bar
    Rua Fradique Coutinho,1464 - Pinheiros, São Paulo - SP - 05416001

    sabesp-arroba-economize-agua_170920211753.gif
    [Estabelecimento FECHADO]

    Burger & cocktail. Lugar de comer e beber bem. Essa é a proposta do NIKS Burger Bar, casa que reúne duas artes, coquetelaria e hamburgueria. A casa, recém-inaugurada na Vila Madalena, Zona Oeste de São Paulo, aposta nos hambúrgueres com gostinho caseiro, fornadas quentinhas de pão, drinques especiais para harmonizar e uma pitada de criatividade, no menu e fora dele. Ambiente acolhedor e repleto de arte urbana.

    Tudo teve origem nas animadas hamburgadas de família, promovidas pelo patriarca, o suíço Niklaus Wetter, mais conhecido como Niks, um viciado em hambúrguer e perfeccionista na arte de fazer pães. A paixão familiar virou negócio. A NIKS é administrada pelo jovem casal, os empresários Felipe Wetter (filho de Niks) e Letícia Rezende, também moradores da Vila Mada. O casal fez sucesso na cidade com o foodtruck de churrasco texano, o PapiChulo Foodtruck, ideia que trouxeram da vivência em Austin (Texas). Durante 2 anos ficaram perambulando pela cidade com o sistema barbecue pit (um defumadorambulante) até resolverem estacionar para um novo projeto, o NIKS. A casa aposta em hambúrgueres descomplicados, sem invencionices, mas com gostinho artesanal e em drinques autorais. “Como moradores da região, achávamos que esse bairro boêmio, tão rico culturalmente e, ao mesmo tempo, extremamente despojado, precisava de uma casa que unisse duas paixões e artes: coquetelaria e hambúrgueres. A ideia é ter um menu dinâmico, testar ingredientes, ter sempre novidades e trazer burgers por tempo limitado”, explica Felipe Wetter, sócio da casa. “A proposta é uma hamburgueria que fuja do tradicional, que busque a experiência do pão caseiro com a proteína, também caseira, vinda de pequenos produtores e moída diariamente, e harmonizada com uma carta de drinques originais”, complementa Leticia Rezende.

    Localizado numa charmosa casa, em uma quadra repleta de galerias de arte, na Fradique Coutinho, a NIKS faz questão de transbordar arte por todos os seus ambientes. Com decoração minimalista e contemporânea, o espaço de 100m2 tem pé-direito alto e salão dividido em dois ambientes: no térreo, um colorido bar, feito com azulejo colorido; no mezanino, uma ampla cozinha envidraçada, de onde se pode acompanhar todos os preparos e sentir o cheiro das fornadas quentinhas de pão. Logo na entrada, uma surpresa, uma imponente e centenária árvore, a Pinus elliottii com mais de 30 metros de altura. O projeto, da arquiteta Victoria Kertzer, respeita a ancestralidade da natureza e a incorpora à modernidade. Para dar um ar pop, a artista plástica paulista Kalina Juzwiak pintou um mural free hand de 15 metros, utilizando apenas tinta acrílica e caneta posca. Um painel vibrante que parece abraçar árvore, a anfitriã da casa.

    Muitos aromas entre a cozinha e o salão. Para começar, carne fresca e moída no dia (bovina, suína, peixe e frango), discos feitos ao estilo smash burger na chapa quente, alta temperatura e ponto adequado de fritura. A marca da NIKS é a dos hambúrgueres mais finos (em torno de 110 gramas de Angus), ao estilo dos feitos em casa ou das lanchonetes de antigamente. Carne bovina macia e aerada, vermelha no interior, entre fatias de pão caseiro devidamente seladas na chapa. O pão artesanal, fermentado e assado diariamente na casa, traz mais de cinco variações de pães do dia, como australiano, tipo brioche, integral com gergelim, centeio com chia e pães com diferentes toppings, como macadâmia, pistache, parmesão e castanha-de-caju. A cozinha está sob o comando do chef paulistano Marcos Amorim (ex-Mocotó, Dalva e Dito, DOM, Figueira Rubayat). A proposta é inovar sem perder a “alma de hamburgueria”. Dentre as criações, destaca-se o Toro, que reúne atum selado (generosa posta de 125 gramas), broto de girassol, maionese de wasabi e molho teriyaki feitos na casa e gergelim. A versão veggie da casa é o Niggler (100g de blend de abóbora com cogumelos shimeji e shiitake, queijo brie, rúcula e tomate-cereja). Há, ainda, uma receita de inspiração suíça, do próprio Niks, o Swiss, feito com um hambúrguer de 180g com raclette, o tradicional queijo suíço derretido em racleteiras, cebola, noz moscada e pimenta-do-reino. Burgers podem ser acompanhados da crocante batata rústica da casa, cortada na mão, pronta para ser mergulhada na maionese de ervas, também caseira.

    O bom e velho cheeseburger leva o nome da casa. No NIKS, sobre 110g de hambúrguer (blend da casa, feito com várias partes do brisket de Angus) somamse a maionese, o queijo americano e o pão fresquinho tipo brioche. No almoço executivo, de segunda a sexta, o hambúrguer pode vir montado no prato e ao lado de acompanhamentos como fritas e salada de alface americana, alface roxa, rúcula, tomate-cereja e rabanete laminado com molho de mel com mostarda. Entre um hambúrguer e outro, para petiscar há os crocantes bolinhos empanados, nas versões de ricota com castanha-do-pará e manjericão, acompanhado de molho sweet chilli, e de cream cheese com jalapeño, acompanhado de molho de cheddar inglês. Para finalizar com gulodices, há os cookies de chocolate e nozes e, também, de chocolate de castanha-de-caju e caju fresco, acompanhados de uma bola de sorvete caseiro do dia, com sabores como baunilha, chocolate ou de frutas da estação, como morango, maracujá, limão ou framboesa.

    Mostrando que sabor e suculência combinam com bons drinques, o bartender Thamer Lima, que trabalhou nos premiados Marakuthai, Ema, Me Gusta, preparou uma carta de personalidade. Drinques que ressaltam o sabor das carnes. É o caso do delicado Letícia (vodca, suco de abacaxi, xarope de rosas, suco de limão) e do refrescante Belatrice (rum, melaço de jabuticaba, amora, farinha de uva). Na seção de gim-tônica há dos clássicos a variações como o Mel de Gengibre (limão-taiti, mel de gengibre, espuma de gengibre) e Tangerina (alecrim queimado no maçarico, tangerina e zimbro). Tem opção de soft drink, como Detox Lichia (lichia, chá verde, suco de limão, gengibre, hortelã e maçã verde), sem álcool, servido em copo ou em jarra de 400 ml. Mas as queridinhas da carta são as caipirinhas. Leves, refrescantes e cítricas, ajudam a fazer a digestão dos sabores de hambúrgueres mais picantes. É o caso da Capoeira (lichia, maracujá e hortelã) e da Samba (limão-cravo, acerola e tomilho limão). Prova de que a mistura de hambúrguer com drinque dá muito samba.

     

    Última atualização realizada em 05/08/2021 12:44:54
    Contato, preços e horários podem ser alterados pelos estabelecimentos sem aviso prévio. Verifique antes de sair!

     
    BaresSP publicidade 980x90 bares
     
     

    Notícias BaresSP

     
     
     

    Bares em São Paulo

     
     
     

    Restaurantes Hamburguerias em São Paulo

     
     

    Agenda de Eventos de Restaurantes em São Paulo

     
     
    BaresSP publicidade 980x90 bares
     

    topo